Réu confesso de matar uma mulher a facadas culpa vítima por não aceitá-lo

Publicado em sexta-feira, abril 26, 2013 ·

TV Correio/Record
TV Correio/Record

O acusado de matar a facadas Elaine Lima (23), em São Mamede (Sertão), na última quinta-feira (25), confessa friamente como cometeu o crime e porque matou a jovem.

Em entrevista a equipe de reportagem da TV Correio/Record, Glauber  Magliano de Andrade (34) diz que tentava manter um relacionamento amoroso com a vítima, algo que nunca ocorreu; Glauber fala ainda que estava numa situação emocional muito ruim e declara: “se a justiça quiser, pode me condenar, mas eu tenho plena consciência de que sou vítima nessa história; ela foi covarde”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Assista à matéria completa, com a confissão do agente de saúde.

O crime

Segundo a polícia, Elaine Lima, 23 anos, foi assassinada na cidade de São Mamede, no Sertão paraibano, com vários golpes de faca peixeira. De acordo com a Polícia Civil de Patos, o acusado pelo crime é o agente comunitário de saúde, Glauber Magliano de Andrade, 34 anos, que foi preso em flagrante. Ele confessou o crime e disse que amava a vítima e que por não ser correspondido cometeu o homicídio. “Eu jurei que se ela não fosse minha, não seria de mais ninguém”, teria dito Glauber Magliano na delegacia.

Jovem foi esfaqueda na praça da cidadeFoto: Jovem foi esfaqueda na praça da cidade

Créditos: saomamede1

A Polícia Civil informou que a vítima estava atualmente morando em São Paulo, após perder o marido durante acidente automobilístico. Elaine Lima veio a São Mamede para receber um seguro deixado pelo marido.

Testemunhas revelaram as autoridades policiais que o acusado perseguiu a vítima e desferiu vários golpes. Elaine Lima foi socorrida para o hospital da cidade, mas devido a gravidade foi transferida por uma ambulância do Samu para o Hospital Regional de Patos, Sertão do estado, veio a óbito.

Familiares comunicaram à polícia que Glauber Magliano era obsecado pela jovem, mas como não tinha o amor correspondido disse que caso Eliane voltasse à Paraíba, seria morta.  O acusado está preso na delegacia da cidade. Levantamento feito pela polícia aponta que o acusado já tem passagem pela polícia por assalto.

Outro caso de violência contra a mulher

Na cidade de Arara, a dona de casa Maria Simplício dos Santos, 45 anos, foi assassinada a tiros dentro de casa, na última quinta (25). A Polícia Militar informou que João Vicente da Silva, 67 anos,  se matou com um tiro na cabeça, após matar a mulher.

Ainda de acordo com a polícia, João Vicente discutia com frequência com Maria Simplício por motivos banais. A última discussão dos dois ocorreu na última segunda-feira (22).

 

 

Hyldo Pereira, Portalcorreio

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627