Reginaldo Pereira vê golpe político e promete recorrer de cassação na Justiça

Publicado em sexta-feira, Abril 25, 2014 ·

reginaldoO ex-prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira (PRB), afirmou que vai tentar reaver o mandato na Justiça. Em entrevista à Rádio CBN, na tarde desta sexta-feira (25), ele disse que a sua cassação, ocorrida na Câmara Municipal de Santa Rita, foi um “golpe político” orquestrado pelos vereadores locais e pelo vice-prefeito Severino Alves, o Netinho de Várzea Nova.

“Fui condenado à revelia. Todo mundo sabe que o processo é cheio de erros. Quando chegou a notícia de que eu teria cometido o crime de nepotismo, eles [os vereadores] poderiam ter questionado, pois, não existiu nada de nepotismo, mas eles receberam a denuncia e me afastaram de imediato, algo fora da Lei”, disse.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Reginaldo Pereira afirmou ainda que tem a posse de um documento assinado pela promotoria local o isentando do crime de nepotismo. “Não tem nenhum vereador que comprove que eu cometi nepotismo e com base nisso me afastaram e me cassaram. Dá para perceber que foi um golpe político vergonhoso contra quem sempre combateu a corrupção em Santa Rita, contra quem passou mais de 40 anos lutando pelo bem da cidade”, ponderou.

18 vereadores votaram pela Cassação

Reginaldo Pereira perdeu definitivamente o mandato de prefeito de Santa Rita, na manhã desta sexta-feira (25), na Câmara Municipal da cidade. Todos os 18 vereadores presentes à sessão votaram pela cassação. Apenas um parlamentar não compareceu.

“Vamos recorrer e buscar justiça junto aos senhores magistrados, para que seja respeitada a vontade popular que elegeu um prefeito que não rouba e que nunca meteu a mão no erário, mas que teve o mandato tomado na marra pelo Poder Legislativo”, concluiu

O ex-prefeito de Santa Rita é acusado de ter contratado cerca de 20 parentes para ocupar cargos no Governo Municipal. Ele também teria alugado imóveis pertencentes a familiares para a Prefeitura. O primeiro afastamento de Reginaldo do cargo ocorreu no dia 20 de março.

Ângelo Medeiros
WSCOM Online

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627