Projeto ‘Planta para o Planeta’ ganha apoio de municípios e projeta plantação de 50 mil mudas

Publicado em sexta-feira, dezembro 2, 2011 ·

projetoCom o objetivo de formar pequenos embaixadores para a justiça climática, mais uma vez um grupo de representações municipais das microrregiões de Guarabira, Brejo e Curimataú Oriental, que integram o projeto ‘Planta para o Planeta’, estiveram reunidos no espaço cultural Oscar de Castro, em bananeiras.

O encontro aconteceu na quarta-feira (30) e contou com a presença do alemão Alexander Fink, articulador do projeto no Brasil, que apresentou como funciona o projeto, de iniciativa alemã, que já está presente em 100 países.

O projeto, que iniciou com Bananeiras, Solânea e Araruna, através da Afink, agora conta com o apoio das cidades de Dona Inês, Belém, Pirpirituba e Serraria. Borborema esteve representada e em breve será integrada. Municípios como Arara, Casserengue e Cacimba de Dentro foram convidados, mas não puderam estar presentes.

luisPara Luís Carlos, coordenador geral do projeto, em virtude dos recursos adquiridos junto à rede alemã, apenas essas 11 localidades receberam o convite para engrossar o que talvez seja a primeira parte do projeto, “pois caso os objetivos sejam alcançados a expansão do projeto será garantida na região”.

Uma das metas para ampliação do plano é a possível parceria com prefeituras e entidades, além da sociedade em geral para que adote a iniciativa.

Embaixadores

Visando o reflorestamento da região, a intenção é formar embaixadores da justiça climática. Seriam crianças preparadas para dar palestras. O intuito é as crianças possam usar os conhecimentos adquiridos nas academias (grupos) para conscientizar a sociedade da importância de cuidar do planeta.

Cerca de 50 mil mudas já estão com recursos garantidos. “Com o apoio dos municípios e instituições como a UFPB ultrapassaremos essa marca. Quanto mais plantarmos, mais ar puro teremos. Quem sabe nossa região pode dar um grande exemplo para o estado e o país, acreditamos nisso”. afirmou Luís Carlos.

projetoalexSegundo Alexander, se falou muito sobre meio ambiente e poucas árvores foram plantadas. “Agora será diferente. Vamos parar de falar e começar a plantar”.

Gilvanisa Maia (Secretaria de Educação), José Pedro da Silva (Secretaria do Meio Ambiente e articulador do Selo UNICEF), Manoel Alves da Silva (secretaria de Agricultura e representante da Emater/PB) e Alex da Silva Barbosa (CAVN/CCHSA-UFPB) representaram Bananeiras; Leize Regina (Secretaria de Educação), Ideraldo Pacheli Alves (dirigente da Educação), Cleginaldo Clementino e Joelma Farias (ONGIFA) – Solânea; Maria Verônica Costa (Secretaria de Educação) – Pirpirituba; José Ailton, Michelline de Medeiros, Ricardo Henrique Macedo (AFINK) – Araruna; Maria Hosana da Silva (AGENTE/INCRA), Marcio Lima Sec. Agricultura), José Miranda Júnior (Departamento de Comunicação), Júlio César Miranda (prefeitura), Luciana Amaral (Sec. Educação), Joseli Gama da Costa (vereador), Maria aparecida (supervisão/Educação), Marcelo Farias (CEDAP), e Miguel Davi (Sec. Meio Ambiente/SEDAP) – Belém; Pollyanna Lopes Oliveira (Supervisão/Educação) – Borborema; Mariano Costa (Sec. Meio Ambiente), Assis Barbosa (Educação) – Dona Inês; José Martins dos Santos (Agricultura) – Serraria.

Na reunião do próximo dia 14, que vai acontecer na sede da Afink, em Araruna, será formada a comissão regional com representantes de cada cidade, que terão a incumbência de organizar comissão no seu município, onde serão traçadas metas para a realização do projeto.

Redação/Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627