Programa de rádio do MST leva música, informação e entretenimento

Publicado em terça-feira, outubro 29, 2013 ·

radioOs assentados e acampados do sertão de Alagoas agora tem uma nova companhia nas manhãs de sexta-feira. É o programa “A Hora do MST” que desde o mês de julho ocupa as ondas da Rádio Delmiro AM, no município de Delmiro Gouveia.

Apresentado pela militante do MST Maria José, conhecida como Nega, “A Hora do MST” vai ao ar das 6 às 7 horas da manhã, todas as sextas, levando aos moradores de Delmiro Gouveia e aos trabalhadores rurais acampados e assentados da região música, informação e entretenimento.

“Mesmo com pouco tempo de programa, ‘A Hora do MST’ já tem a participação de muita gente nas áreas de assentamento e acampamento. Tem muita gente ouvindo o programa e comentando, inclusive já ligando para o estúdio dando sugestões e participando do programa”, comentou Nega.

Somente no município de Delmiro Gouveia, o MST organiza 2 acampamentos e 6 assentamentos, além dos assentamentos nos municípios vizinhos que já sintonizam o programa semanal para acompanhar as notícias do Movimento. Nega ressaltou a importância do programa para facilitar a comunicação nas áreas. “Nesses últimos meses o programa de rádio foi como a gente comunicou a militância do MST sobre as nossas atividades. Todos ficaram sabendo das mobilizações e reuniões a partir do nosso programa,” disse a apresentadora.

Além da importância para os próprios assentados e acampados, o programa também cumpre um papel fundamental no diálogo com a população que vive na cidade. Já percebendo a influência do programa com os Delmirenses, Nega comenta que muitos já estão vendo o Movimento de outra maneira. “A cidade de Delmiro está começando a entender o sentido do Movimento a partir do que vamos apresentando no programa. Estamos mostrando a verdadeira cara do MST”, finalizou.

Rafael Soriano, do Setor de Comunicação do MST, reforçou a utilização do rádio na zona rural e a importância de continuar fortalecendo e ocupando espaços como esse. “Passa a ser um desafio à nossa militância, estar ativo, ocupando este espaço de difusão de idéias, dentro de toda nossa estratégia de manter o diálogo aberto com a sociedade, sobre os males do latifúndio, sobre a Reforma Agrária e a possibilidade de mudanças reais nas vidas das pessoas com os processos de organização e luta”, afirmou.

Destacando a necessidade de novas referências de informação para o povo, Soriano avalia que a programação do programa é um importante contraponto à mídia tradicional.

“Sabemos que o tempo todo, estes veículos estão bombardeando a população com futilidades, com desinformação e, por isso, nos propomos a enfrentar essa batalha de ideias com conteúdo crítico e informativo, de modo que mais e mais famílias possam se somar na luta pela Reforma Agrária Popular de uma maneira consciente”, concluiu.

 

 

Por Gustavo Marinho
Da Página do MST

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627