Professores e patrões não chegam a acordo e cerca de 130 mil alunos podem ficar sem aula na PB

Publicado em sábado, Abril 28, 2012 ·

Os professores e os donos de escolas da rede participar de ensino não chegaram a um acordo e uma nova rodada de negociação foi marcada para a próxima quinta-feira (dia 3), na sede da Delegacia Regional do Trabalho. Neste sábado (dia 28), o conselho do sindicato vai se reunir para avaliar a mesa redonda ocorrida nesta sexta-feira (dia 27).

Cerca de 130 mil alunos da rede particular de ensino da Paraíba poderão ficar sem aula a partir do dia 3 de maio, próxima quinta-feira. Segundo o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Privado da Paraíba (Sinteenp), José Avenzoar Arruda, a greve só occorrerá após a avaliação do resultado de uma mesa de negociação que acontecerá nesta sexta-feira (27), na Superintendência Regional do Trabalho.

“Caravanas de profissionais de Patos, Souza, Cajazeiras e outros municípios devem vir a João Pessoa para acompanhar as negociações. Estamos reivindicando a reposição nas perdas salariais e alguns reajustes, caso não sejamos atendidos, a categoria de todo o estado irá paralisar suas atividades por tempo indeterminado”, acrescentou.

Além disso, Avenzoar informou que dependendo da reunião de hoje, os professores poderão realizar uma assembléia final na próxima quarta-feira (2), para definir novas iniciativas para as negociações.

José Linhares Filho/Jonas Batista do Paraíba.com
Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627