Professores do Estado decidem manter greve; categoria espera proposta

Publicado em sábado, maio 7, 2011 ·


educacao_saladeaulasOs professores da rede estadual de ensino da Paraíba decidiram continuar com o movimento grevista por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia realizada nesta sexta-feira (6) nas 12 regionais de ensino do Estado. Na próxima quarta-feira (11), os professores voltam a se reunir para, mais uma vez, decidir os rumos da greve, que teve início no último dia 2, deixando mais de 450 mil alunos sem aulas.

“Caso o governador Ricardo Coutinho apresente alguma proposta para atender nossas reivindicações, o rumo a ser tomado é outro”, disse Paulo Tavares, coordenador da secretaria de organização do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação no Estado da Paraíba (Sintep-PB). Segundo ele, a greve conseguiu mais de 70% de adesão. Em João Pessoa, o índice é ainda maior, conforme informou o sindicato

A categoria quer o cumprimento da lei 11.738 que institui o pagamento do piso nacional para os professores. Os profissionais da Educação também lutam pelo pagamento do reajuste de 13,73%; pagamento das gratificações dos servidores que não receberam no mês de janeiro; nomeação de concursados; implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), e outros. O Governo do Estado ofereceu um auxílio-transporte de R$ 60 para funcionário de João Pessoa e Campina Grande e uma bolsa de R$ 230 para os profissionais que estão em atuação. Os professores não aceitaram.

Valéria Sinésio
Do Jornal da Paraíba

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627