Professores de Guarabira retornam ao trabalho, mas alunos voltam mais cedo para casa por falta de merenda

Publicado em terça-feira, agosto 9, 2011 ·

20110612111806_02Por força de liminar expedida pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, sob determinação intransigente da Prefeitura de Guarabira, os professores da rede municipal de ensino voltaram às suas atividades normais na segunda–feira (08/08) com semblante de tristeza e desestímulo, em virtude da absoluta falta de diálogo por parte da prefeita Fátima Paulino pelo não atendimento às propostas da categoria.

Em entrevista concedida à imprensa local o professor André Santos, presidente do sindicato que representa a classe, informou que nas escolas Paulo Brandão na Santa Terezinha e Raul Mouzinho na Primavera só foi possível a realização das aulas até o recreio, já que não havia merenda para os alunos.

Para o vereador Beto Meireles, “é um absurdo uma administração que está governando há mais de sete anos dar desculpas esfarrapadas à população alegando que a falta de merenda nas escolas é por conta da burocracia existente nos processos licitatórios”, disse.

Finalizando, o parlamentar expôs ainda que “esses absurdos que acontecem na administração de Guarabira ocorrem pela pura falta de planejamento, algo que depois de sete anos não conseguiu existir nessa gestão”.





Assessoria de Beto Meireles para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627