Professores de Alagoa Nova elaboram planos de trabalho em educação ambiental

Publicado em segunda-feira, abril 22, 2013 ·

 

educação ambientalProfessores da rede municipal de Alagoa Nova, distante 138 quilômetros de João Pessoa, elaboraram seus planos de trabalho na área de educação ambiental num encontro organizado pelo Projeto Rio Mamanguape, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental. O encontro aconteceu durante toda sexta-feira (19/04), no Centro Artesanal Raimundo Asfora e reuniu 35 docentes. A iniciativa beneficiará diretamente centenas de estudantes.

O encontro para a elaboração de planos de trabalho na área de educação ambiental é uma consequência direta da capacitação nesta área oferecida pela Cooperativa de Projetos, Assistência Técnica e Capacitação do Nordeste Ltda – Coopacne, que executa o Projeto Rio Mamanguape, a professores dos municípios de Alagoa Nova, Esperança, Matinhas, Montadas, Lagoa Seca, Areial e São Sebastião de Lagoa de Roça, nos anos de 2011 e 2012.

O encontro foi iniciado com apresentações de músicas e vídeos, para sensibilizar os participantes. Um dos materiais mostrava a importância da natureza e da sua preservação e sua ligação direta com o divino. Outro vídeo mostrava a importância da coleta seletiva, tendo como exemplo o trabalho que já acontece na cidade de Florianópolis – SC.

Em seguida, os técnicos da Coopacne passaram a apresentar vários conceitos da área ambiental e a discuti-los como: reciclável ou inorgânico; compostagem ou orgânico; rejeitos ou lixo; como fazer a compostagem e materiais que necessitam da utilização do conceito de logística reversa, quando os fabricantes se encarregam de recolher os produtos após a venda e utilização.

Dando continuidade as atividades, os professores se dividiram em grupos e elaboraram o planejamento para trabalhar a reutilização ou a reciclagem dos resíduos sólidos em sala de aula e nas comunidades.   Em seguida, as propostas foram socializadas com todos os participantes.

As Escolas Padre Abdias Leal, Paulo Antônio Gaião, Santa Luzia, Maria Luíza, Dr. Fernando da Cunha Lima elaboraram o projeto que tem como tema: “lixo Fonte de Riqueza”. As Escolas Frei Martins, João XXIII, (Aldeia Velha) zona rural, João Matias e Secretaria de Educação elaboraram um plano de trabalho que tem como tema: “A Reutilização do Lixo”.

O terceiro grupo, que inclui as Escolas José Luiz Correia (Chã da Barra), Antônio Frutuoso, Santa Ana (Gameleira) e Manoel Martins (São Tomé) apresentou sua proposta de trabalho com o tema: “Reciclagem, Pensar Globalmente e Agir Localmente”.

As escolas Dr. Amélio Tavares, João XXIII, Maria Luíza de Aquino, Santa Izabel, Abdias Leal, São Severino apresentaram uma proposta com o tema: “Coleta seletiva” – nem tudo que é lixo é lixo”.

 

O quinto grupo inclui as Escolas São José, Francisco José Rodrigues, Joventino Freire de Souza, João Paulo II e Valdevino Benigno da Rocha, tendo a proposta de trabalho com o tema: “Água”. As Escolas Bom Jesus, Dr. Fernando Cunha Lima e Nossa Sra. Da Conceição elaboraram sua proposta para trabalhar o tem: “O Lixo Que Produzimos”.

 

 

 

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627