Professor encaminha artigo ao FN lamentando falta de pagamento em mudança de gestão; Confira

Publicado em sexta-feira, janeiro 11, 2013 ·

 

A  VITORIA DO ATRASO

Não poderás ajudar aos homens de maneira permanente se fizeres por eles aquilo que eles podem e devem fazer por si próprios.

Abraham Lincoln

      Ontem compareci á um consultório odontológico. O medo já tomava  conta de mim antes mesmo de chegar ao lugar de trabalho da estimada profissional que fez o procedimento.O temor não era exatamente da pessoa que iria tratar do meu dente,mas é que sou um “cabra froxo”,como já diziam os nordestinos mais tradicionais,e o barulho do aparelho utilizado no consultório,para manutenção do dente incomoda só de imaginar.Não sei bem o nome daquele aparelhinho,mas o mesmo foi pé de uma proveitosa conversa após o termino do trabalho efetuado em meu dente.Falávamos do incomodo causado pelo mesmo versus sua necessidade naquele trabalho.Das inovações tecnológicas no ramo odontológico frente ao atraso que o interior ainda vive, já que a clientela modesta não permite um investimento maior e muito caro.

       Mediante ao mal necessário , ou seja,o tal aparelho,me lembrei de outros procedimentos antigos e não sei até onde necessários,cito o não pagamento da folha de dezembro aos funcionários públicos municipais.Parece uma tradição maléfica.O prefeito perde a campanha,não paga os salários referentes ao mês de dezembro.Da mesma forma age o prefeito que deixando o mandato de oito anos,não se dá por satisfeito,e comete a proeza de castigar aqueles que lhe presenteou com dois mandatos seguidos através do voto.Solanea, Arara,Casserengue e inúmeros outras cidades deixaram seus funcionários numa seca financeira maior que a estiagem do nordeste.Não sei se acreditam esses gestores,que professores tem muito dinheiro,uma reserva financeira(já que recebem muito) ou trabalham por amor,o fato é que quando pensam em morder um dinheirinho,são os pobres dos educadores quem pagam a conta,ou melhor,não pagam,já que sem salário muitos professores já pensam em como correr atrás do prejuízo.

         Ainda continuando a conversa com a competente odontologa que me atendeu, a mesma falava das criações de novos métodos, para que o paciente, se é que assim posso denominar,não sofra tanto.Que pena não ser alguém assim um desses irresponsáveis gestores.Irresponsáveis ! não posso utilizar outro adjetivo.Utilizam das brechas da lei,para fazer sofrer toda uma população de trabalhadores que nada tem a ver com sua incompetência de governar.Para onde foi a dona LRF(Lei de Responsabilidade Fiscal)?Que Lei é esta, que permite uma gestão desastrosa na reta final,já que não sofre somente o funcionário,mas todos os comerciantes que dependem do dinheiro injetado nesta época,oriundo do décimo terceiro salário e do pagamento do mês de dezembro?Será que ainda tão jovem esta lei precisará passar por uma reformulação, tal qual a Lei Seca? Não! o que tem que haver de fato,é o consumo maciço de um chá de SIMANCOL,não somente para estes prefeitos que cometeram este ato,como também ao funcionário.Isto porque ,amigo,daqui a dois anos haverá eleição partidária,e na maioria das vezes,o mesmo funcionário que sofreu com o descaso de meliante deste,acaba por acompanhar o candidato que este apoiar,isto quando não é o mesmo elemento,candidato ao cargo.

        Já passou da hora desse povo deixar de ter a mente pequena, e anotar quem é um bom administrador e quem massacra seu povo. Concordar com a utilização do antigo e barulhento aparelho de obturação do dentista ainda é aceitável, mas é  inadmissível que em pleno século XXI, gestores de má fé,façam de imbecis os funcionários,que uma vez efetivados por meio de concurso publico,não devem favor nem ao lado A nem ao lado B.Por fim,faço um clamor aos gestores atuais,que assumiram ou reassumiram as prefeituras agora em 2013: PAGUEM OS SALARIOS REFERENTES A 2012 AOS FUNCIONARIOS.Não venham com a antiga conversinha,de que não tem dinheiro,o caixa esta falido,houve queda de repasse do FPM(Fundo de Participação do Município),e a mais antiga e inaceitável das justificativas – não sou eu que devo,portanto não pagarei as contas do prefeito anterior! De fato vossa excelência não deve , quem deve a prefeitura, que vossa excelência tanto fez campanha para ter a oportunidade de administrar. Uma pergunta para finalizar este texto: se houvesse dinheiro em caixa,deixado pelo governo anterior Vossa excelência utilizaria?Ou não gastaria por ser da outra administração? Vossa excelência herdou o bônus e o ônus. De conta dos dois. A imprensa esta de olho em você. Mostre que veio pra fazer a diferença.

Prof.Gederlandio A. Santos

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627