Presidente do Interpa reafirma compromisso de escriturar as terras de Lagoa Seca e Remígio

Publicado em terça-feira, janeiro 15, 2013 ·

O presidente do Interpa, Instituto de Terras da Paraíba, Nivaldo Moreno Magalhães(foto), participou de assembléia no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa  Seca para falar sobre o processo de Regularização Fundiária que é a documentação de todas as terras do município de Lagoa Seca e Remígio.
A Regularização Fundiária é uma ação do Governo Federal através do interpa e será, segundo o presidente do Interpa, um trabalho a ser desenvolvido no decorrer do ano de 2013 com a meta de beneficiar todos os proprietários dos municípios de Remígio e Lagoa Seca. “Já compramos os veículos pra fazer o trabalho aqui de Lagoa Seca, esse trabalho que nós vamos fazer de regularização fundiária é um trabalho que o agricultor não vai gastar absolutamente nada, é custo zero, é uma parceria do governo federal, através da presidente Dilma e do governo do estado através do governador Ricardo Coutinho e do nosso querido secretário Marenilson, e não vai ter despesa alguma. Vejam bem quais são os passos porque já em março  nós fizemos a primeira chamada de licitação para uma empresa que vem se instalar aqui, vai dar emprego a um bocado de gente aqui pra fazer o cadastro de todos os agricultores da zona rural”, explica dizendo que no mês de março será feito uma reunião com todas as famílias agricultoras do município quando então será instalada uma comissão que cumprirá papel de fazer o levantamento e histórico de todas as propriedades e famílias existentes naquele município do Brejo paraibano e disse que as famílias já deveriam fazer seus próprios levantamentos de que são seus vizinhos de propriedade rural. “Agora vocês já precisam a partir de agora até marços descobrir que são os vizinhos de vocês porque vai precisar que o vizinho diga: realmente o meu ponto de fronteira é esse”, explica dizendo que após o trabalho a comissão irá ao Incra para fazer o cadastramento das terras já georeferenciadas.

Magalhães lembrou que a Paraíba está num processo atrasado e esclareceu que Pernambuco e Ceará serão os dois primeiros estados do Brasil a ter todos os municípios regulamentados pela lei 10 267.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627