Preocupação com câncer da pele faz culto ao bronzeado cair em desuso

Publicado em quarta-feira, novembro 14, 2012 ·

Foi-se o tempo em que uma pele constantemente bronzeada era sinônimo de beleza. A alta incidência de câncer da pele no país revelou o outro lado do culto aos corpos bronzeados. Hoje uma aparência saudável e bonita é aquela que revela os cuidados com a saúde em dia. Alguns cuidados são sabidamente necessários para evitar desde o envelhecimento precoce até casos de câncer, que se não tratados adequadamente podem levar à morte.

De acordo com a gerente de Fórmula da Natura, Joana Miranda, a vermelhidão é uma reação da pele na tentativa de se proteger a partir da pigmentação. “A exposição solar sem proteção adequada pode culminar em queimaduras graves causadas pelos raios UVB ou envelhecimento precoce em razão da ação dos raios UVA”, explica Joana. Para se ter uma ideia, os raios solares são capazes de causar danos inclusive às moléculas da pele e ao DNA, gerando rugas, manchas e câncer de pele.


Câncer da pele

No Brasil, de acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), o câncer da pele ainda é o tumor que mais atinge brasileiros, representando 25% de todos os tumores malignos. São estimados pelo Instituto 134.170 novos casos para 2012, sendo a maioria para mulheres (71.490).


Dia D contra o câncer na Paraíba

A Sociedade Brasileira de Dermatologia vem trabalhando há doze anos uma campanha nacional para prevenir e tratar os casos de câncer da pele ainda em estágio inicial. As ações da SBD culminam com o dia D, que acontece em 24 de novembro, estabelecido como o Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele. Na ocasião várias ações são executadas em todo o país. Entre elas estão atendimentos para a realização de diagnóstico em possíveis casos, além de ações educativas. Serão, ao todo, 144 postos em todo o país que realizarão atendimento simultâneo para análise, diagnóstico e tratamento da doença, das 9h às 15h, ininterruptamente, em hospitais públicos credenciados, postos de saúde e tendas montadas em pontos de grande circulação. Nos postos, também estão previstas atividades educativas, como aulas expositivas sobre fotoproteção e sobre como suspeitar do câncer da pele.

Na Paraíba os atendimentos serão realizados em João Pessoa – no Hospital Universitário Lauro Wanderley e no Napoleão Laureano – e em Campina Grande – no Hospital Universitário Alcides Carneiro.

Assessoria

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627