Prefeito de Dona Inês confirma que traficante tentou vender drogas em seu gabinete

Publicado em segunda-feira, novembro 28, 2011 ·

O prefeito de Dona Inês, Antonio Justino (PSB-PB), confirmou nesta segunda-feira (28) que o traficante Roberto Carlos Pereira da Costa, 45 anos, tentou lhe vender drogas dentro de seu gabinete.
Ele disse a Emerson Machado e Samuka Duarte, do programa Correio da Manhã, que recebeu ameaças de morte e que pedirá proteção policial ao governador Ricardo Coutinho.

Prefeito garante que não compr

Prefeito garante que não comprou drogas

Justino atribui a ação a opositores, que teriam acionado o traficante com a informação de que o prefeito era consumidor de drogas.
“Isso foi uma armação”, garante o prefeito, que voltou a negar ser usuário de cocaína.
Roberto Carlos foi preso após deixar o gabinete de Justino. Ele vinha sendo monitorado pela polícia.
A investigação começou após um policial receber denúncia anônima de que um traficante estaria atuando na cidade e que teria comercializado drogas no gabinete do prefeito.
Ele se passou por chefe de gabinete do prefeito e marcou encontro com o traficante, que recebeu ordem de prisão.
As investigações continuam para saber porque o prefeito não acionou a polícia para prender o traficante em flagrante, quando tentava negociar a droga em seu gabinete.
Nesta segunda, Justino disse que só não chamou os policiais porque recebeu a ameaça de morte.

Adriana Bezerra
Do Portal Correio
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627