Prefeito de Alagoa Nova veta lei e diminui seu próprio salário

Publicado em segunda-feira, Janeiro 14, 2013 ·

Foto: @luizmissionario

O prefeito de Alagoa Nova,  Kleber Moraes (PMDB) filho do atual Deputado Ivaldo Moraes (PMDB) , vetou parcial o projeto de lei aprovado e proposto pelos vereadores ,em que reajusta seu próprio salário incluindo vice e secretários para o exercício de 2013.

 Confira abaixo os valores antes do projeto, após aprovação e os valores atuais depois do veto.




PREFEITO

Antes:  R$ 8.000
Proposto pelos vereadores 13.000
Depois:  R$ 10.000 (Com veto)
VICE-PREFEITO
Antes: R$ 3.500
Proposto pelos vereadores 6.500
Depois: R$ 5.000 (com veto) 
VEREADORES
Antes: R$ 3.200
Depois: R$ 5.400 (dependendo da arrecadação) 
SECRETÁRIOS
Antes R$ 1.800
Proposto pelos vereadores 3.000
Depois: R$ 2.000 (Com veto)

 

Em nota, a prefeitura informou que a decisão foi tomada considerando os últimos acontecimentos relacionados às finanças municipais, especialmente o risco da perda do FPM e dos royalties do petróleo.
Kleber Surpreendeu, quando vetou o projeto de lei, diferente de outras cidades que aumentarão em quase 100% os valores dos vencimentos. Fica o exemplo para as demais cidades administradas muitas vezes por maus gestores.  O veto foi aprovado em reunião  extra-ordinária nesta sexta-feira (11) com a aprovação do veto o Prefeito passa à receber 10.000 (dez mil reais), Vice 5.000 (cinco mil reais), secretários 2.000 (dois mil reais) já para os vereadores a situação é diferente, foi aprovado a lei que permite o mesmos receberem em até 5.400 (cinco mil e quatro centos reais) mais depende da arrecadação municipal. segundo informações os valores serão de 3.600 (três mil e seiscentos).

As alterações já valem para o exercício de 2013.

Luiz Carlos Rodrigues
Redação Blog do Luiz Missionário.

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627