Por atuação ideal, Tite justifica saída de capitão e aumenta defesa

Publicado em quarta-feira, setembro 21, 2011 ·

240_614-caso-de-policia-gdeTite perdeu o lateral esquerdo Ramon, contundido, e barrou o zagueiro Chicão para o clássico desta quarta-feira contra o São Paulo. O treinador corintiano reformulou a defesa, optou pela improvisação de Leandro Castán na ala canhota e colocou Wallace e Paulo André no miolo da marcação. Embora tenha vetado o capitão alvinegro, o comandante justificou as alterações para aumentar a marcação pelo alto e obter uma atuação “ideal” no importante duelo desta 25ª rodada, entre os segundo e terceiro colocados do Campeonato Brasileiro.

Dos quatro integrantes da defesa corintiana na derrota para o Santos por 3 a 1 no final de semana, apenas Alessandro se manteve intacto na lateral direita para o jogo de quarta. Com Paulo André (1,89 m) e Wallace (1,84 m) nos lugares de Chicão (1,80 m) e Ramon (1,73 m), Tite aumentou a média de estatura de seu quarteto defensivo em 5 cm – de 1,79 m para 1,84 m. E parece satisfeito.

“Fiz uma mudança no sistema defensivo, colocando jogadores que vêm treinando bem”, explicou Tite, que crê no entrosamento entre a dupla que vinha figurando na reserva corintiana nos últimos jogos. “São jogadores que vêm trabalhando bem nos treinamentos. O Wallace e o Paulo André têm uma sequência, se não em muitos jogos, mas de treinos”, justificou.

Embora tenha optado por jogadores mais altos – e, teoricamente, mais lentos – contra um São Paulo que conta com um meia ágil como Lucas e um atacante de mobilidade como Dagoberto, Tite não se arrepende da decisão tomada no treino desta terça. “Aposto no posicionamento e no entrosamento dos meus jogadores. E em outras coisas que não vou dizer, mas que serão observáveis em campo”, desconversou.

Tite quer colocar em campo um time capaz de reeditar os primeiros 45 minutos do confronto contra o Santos, quando foi para o intervalo com uma vantagem de 1 a 0 no marcador. “Queremos jogar com aquele espírito do primeiro tempo”, explicou. Após a virada sofrida no segundo tempo, o comandante optou por sacar Ramon, que já havia acusado dores na coxa direita na partida de domingo, e Chicão.

Ainda que tenha sacado seu capitão do time titular, Tite tratou de abafar qualquer crise interna. Antes de a saída de Chicão dos titulares ser comunicada à imprensa, o técnico tratou de chamar o zagueiro em sua sala e justificou as mudanças. “Meu respeito profissional é informar a ti da minha decisão. Vou começar com Alessandro, Castán, Paulo André e Wallace”, disse o comandante ao atleta, que, segundo Tite, respeitou os argumentos.

“Não é demérito a saída de um, mas é preciso ver que são dois jogadores que estão entrando. Ninguém é contratado para ser titular, os outros colegas também estão trabalhando”, complementou Tite, que refutou, de maneira veemente, a hipótese de ter sacado Chicão após uma suposta reunião do jogador com membros de uma torcida organizada do clube.

“Estou falando de princípios de educação. Se eu tiver que fazer isso, eu não visto uma camisa, fico em casa se precisar fazer uma situação dessa sob pressão. Esse tipo de barganha eu não faço”, concluiu.

Depois da entrevista concedida nesta terça, Tite anunciou os 19 relacionados do Corinthians para encarar o São Paulo. Chicão ficará no banco de reservas, e o meia Alex faz parte do mistério do técnico para a escalação.

Confira os relacionados:

Goleiros: Júlio César e Danilo Fernandes
Laterais: Alessandro e Welder
Zagueiros: Chicão, Leandro Castán, Wallace e Paulo André
Volantes: Ralf, Paulinho e Moradei
Meias: Danilo, Alex, Edenílson e Morais
Atacantes: Willian, Emerson, Liedson e Jorge Henrique

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br