Polícia Militar prende mulher suspeita de agredir idosa e bebê no interior da Paraíba

Publicado em quinta-feira, outubro 24, 2013 ·

policia-militarA Polícia Militar prendeu,  em Campina Grande, uma mulher suspeita de agredir duas idosas e seu filho, um bebê com apenas nove meses de vida. Segundo a polícia, a mulher teria consumido álcool e drogas e, conforme testemunhas, teria histórico de agressões. O Conselho Tutelar da cidade informou que vai encaminhar a criança para os cuidados da avó paterna e entregar uma advertência ao pai.

O caso aconteceu por volta das 21h. Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a realizar o flagrante de agressão em uma casa no bairro do Centenário. A suspeita foi levada para a 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil, onde foi autuada por lesão corporal, maus-tratos e invasão de residência. De acordo com relato do Conselho Tutelar, a mulher mora em Queimadas, é separada do pai da criança, que estava na casa da avó paterna. A idosa estava com outra aposentada na casa, com o menino de nove meses, filho da suspeita detida. As três vítimas teriam sido agredidas dentro da residência até que a polícia foi acionada.

“O que sabemos é que não foi a primeira vez que aconteceu a agressão, já seria a terceira. Uma das idosas tem 90 anos. A outra tem mais de 60 anos e é sogra dela. A criança foi entregue à responsabilidade da avó e estamos aguardando o pai nesta tarde para orientar e advertir a respeito das agressões e consumo de bebida alcoólica”, explicou a conselheira Vanda Martins, do Conselho Tutelar Oeste.

Até as 11h, a mulher estava detida na carceragem da Centra de Polícia. O delegado Everton de Almeida arbitrou para o crime fiança de R$ 678. Ainda hoje ela será encaminhada para o Presídio Feminino do Serrotão, em Campina Grande, caso não pague a fiança.

Redação com G1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627