Paraíba tem 571 homicídios em quatro meses

Publicado em terça-feira, maio 3, 2011 ·

armaA Paraíba já registrou 571 homicídios, somente nos primeiros quatro meses de 2011, (quase cinco por dia). O número é 23,32% maior do que o registrado no mesmo período de 2010, com 463 homicídios, segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Seds). Este ano, o mês mais violento, até agora, foi março, com 157 ocorrências, 27,49% do total. O crescimento das mortes está diretamente ligado ao tráfico de drogas. A Seds informou que está preparando novas ações para tentar diminuir o número de homicídios e outros crimes na capital.
De acordo com a Seds, os números são preocupantes e refletem uma curva de crescimento evidenciada nos últimos 11 anos. Segundo a assessoria do órgão, o efetivo policial que atua no trabalho de repressão qualificada, já foi ampliado. A Delegacia de Homicídios, que antes contava com apenas duas equipes, triplicou o número de policiais e agora conta com sete delegados, oito escrivães e 21 agentes de investigação, trabalhando em regime de plantão. A assessoria informou ainda sobre a aquisição de aparelhos de GPS, que facilitam a chegada mais rápida da polícia ao local de crime, assim como a demarcação geográfica através dos graus de latitude e longitude.



Tráfico de drogas avança

As autoridades que compõem a segurança pública no Estado são unânimes em afirmar que o aumento das mortes violentas está diretamente associado ao avanço do tráfico de drogas. Para controlar o avanço do tráfico, a Seds reforçou a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), aumentando o número de equipes existentes e aguarda a nomeação de mais 274 policiais que concluíram o curso de formação da Polícia Civil e vão reforçar o trabalho nas delegacias de todo o Estado.



Seds

Uma das ações no combate à criminalidade é a “Operação Cidade Segura”. O objetivo, segundo a Seds, é diminuir o número de crimes registrados no Estado, principalmente os homicídios e os crimes contra o patrimônio. Entre as ações estão o combate ao porte ilegal de armas e ao tráfico de drogas, assim como a captura de pessoas procuradas pelo Poder Judiciário. As polícias, civil e militar, estão realizando abordagem de veículos, e vistorias nos pontos de estacionamento e bares e similiares.

Correio da Paraíba
Com Fernanda Moura
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627