Oposição admite pedido de CPI para investigar caso da venda de livros

Publicado em quarta-feira, novembro 16, 2011 ·

raniery oaulinoA oposição na Assembleia Legislativa estuda a possibilidade de apresentar um pedido de CPI para investigar as denúncias sobre a compra de livros na prefeitura de João Pessoa envolvendo a gestão do então prefeito Ricardo Coutinho (PSB), no valor de R$ 2,3 milhões.

O empresário Daniel Cosme Guimarães Gonçalves, dono da empresa que venceu a licitação, afirma que parte do dinheiro foi para a campanha do atual governador. A denúncia foi feita em um vídeo gravado para a revista Época.

O deputado Raniery Paulino (PMDB) é quem está propondo a instalação da CPI, considerando a gravidade das denúncias. Ele disse que vai pedir informações sobre o contrato firmado com a empresa New Life, pertencente a Daniel Guimarães, e também o porquê da existência de uma conta bancária na cidade de Taperoá.

“A oposição deve se reunir para tomar alguma medida, já que as denúncias são muito graves”, afirmou o parlamentar, que vai fazer um pronunciamento hoje na Assembleia Legislativa.

Indagado se a Assembleia teria competência para instalar a CPI, já que as irregularidades ocorreram na prefeitura de João Pessoa e não no governo do Estado, Raniery disse que as denúncias envolvem a suposta utilização de recursos públicos na campanha do governador Ricardo Coutinho.

Esse fato, segundo ele, já é motivo muito forte para um pedido de CPI.

Da Redação com JP Online

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627