Operação ‘Rota do Seridó’ cumpre 22 mandados por tráfico de drogas em Juazeirinho

Publicado em quinta-feira, novembro 17, 2011 ·

Policiais da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, sediada em Campina Grande, realizam desde o inicio da manhã desta quinta-feira (17), em Juazeirinho, no Seridó paraibano, a operação “Rota do Seridó”, com o objetivo de cumprir 22 mandados de prisão e de busca e apreensão, todos por tráfico de drogas.

De acordo com os delegados Fernando Antônio e Everaldo Barbosa, coordenadores da operação, 60 homens participam das buscas em estabelecimentos comerciais e residências, na cidade e zona rural do município. Até o final da manhã, 17 pessoas haviam sido presas e houve apreensão de drogas e uma arma de fogo. A operação não tem hora para terminar.

Os presos até o momento são: Marquetio Maximiniano do Nascimento; Leandro da Silva, o Léo; Edvania Lucas de Melo, conhecida por Doda; João Batista Vieira Paciência, o Batata; Edilson Eufrásio de Lima; Jessica Estevão Tibiriça; José Ramalho Batista Estevão; Cleiton Estevão da Silva; Joab Fernandes de Azevedo; Maria Aparecida Gomes; Eduardo Eufrásio de Lima; Fábio Júnior Lima; Leandro Farias Silva; Aderaldo Isidro dos Santos Tomaz; Maria Gorete Dias; Edilma Pereira de Oliveira; e José Alexandre Soares Antônio, conhecido por Xande do moto-táxi.

De acordo com a Polícia, Leandro da Silva, o Léo, estava em casa, no bairro Frei Damião, e não ofereceu resistência. No local, os policiais apreenderam crack, maconha e um revólver calibre 38. “Ele era o nosso alvo principal, bastante perigoso e responsável por abastecer as ‘bocas de fumo’ da região”, explicou o delegado Fernando Antônio.

Os outros, apontados pela Polícia como os “aviões” do tráfico, foram localizados logo em seguida, na cidade e sítios da zona rural. “Eles entregavam a droga em pontos específicos, mas não podemos dizer que se tratava de um grupo organizado”, disse a autoridade policial, acrescentando que a operação foi um sucesso. “Tivemos êxito no cumprimento da maioria dos mandados e vamos continuar as buscas para realizar novas prisões”, salientou.

Os presos estão sendo encaminhados para Central de Polícia de Campina Grande. Leandro da Silva, segundo o delegado, será indiciado por tráfico e posse ilegal de arma. Marquetio Maximiniano, também preso, já respondeu por roubo e estava em liberdade provisória.

O delegado regional de Campina Grande, Wagner Dorta, disse que “a Polícia Civil vai continuar com as ações de combate à criminalidade na região, com o firme propósito de trazer a paz social”.

Secom-PB para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627