ONG faz vídeo para que motorista deixe de lavar carro em tempo de crise

Publicado em sexta-feira, outubro 24, 2014 ·

campanhaAo estacionar seu veículo imundo em um lava-rápido, o motorista é surpreendido por uma linda mulher, funcionária do estabelecimento. Munida de roupas minúsculas, a jovem sensualiza enquanto parece limpar o automóvel. De repente, se afasta e vai embora. Ao sair do carro, o rapaz lê o recado escrito no capô: “Não chove, não lavo.”

O relato descreve as cenas que são exibidas na nova campanha da ONG The Nature Conservancy, lançada nesta quarta-feira (22) na internet para estimular a economia de água em São Paulo. Divulgado no YouTube, o vídeo pede que motoristas deixem de lavar seus carros enquanto a cidade não é agraciada com a chuva.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O viral cômico integra ação encabeçada há um mês pela instituição. O primeiro vídeo, mais informativo, explicava o objetivo da campanha. Segundo Marcelo Moura, diretor de marketing da TNC no Brasil, a ideia é discutir alternativas para minimizar o drama atual, sem questionar politicamente o tema.

“A medida de curto prazo é se sensibilizar e fechar a torneira. Vai ter que cai na moda. Sabemos dos problemas do passado, do que deveria ter sido feito, mas o que queremos é mobilizar a população porque esse é um trabalho de todos neste momento”, defende.

A linguagem e o canal são as apostas da ONG para arrematar seguidores e preservar o que resta de água nos reservatórios. “A gente está em um nível tão crítico de reserva e abastecimento, que precisamos de economia. Toda gota é válida. Achamos que través de uma campanha divertida na internet as pessoas vão passar para os seus contatos e vamos conseguir a adesão”, aposta.

Campanha quer conscientizar população a economizar o pouco que resta de água nos reservatórios (Foto: Divulgação The Nature Conservancy (TNC))

Desenvolvida para circular apenas nas mídias digitais, a campanha também pede que as pessoas postem fotos de seus carros sujos na rede social Instagram, utilizando a hashtag #NaoChoveNaoLavo. No site da ação (http://www.naochovenaolavo.com.br), já é possível ver as imagens divulgadas pelos participantes. “Desde o início pensamos em explorar a brincadeira porque é nela que o brasileiro acaba viralizando e conscientemente aderindo”, acredita Moura.

O vídeo utiliza estereótipos possivelmente questionáveis – a mulher gostosa, o mecânico machão, o motorista babão – para contar a história e transformá-la, ao final, em uma mensagem surpreendente. O diretor revela que a ONG, até agora, não recebeu críticas negativas. “Está tudo bem. A gente até ficou bem apreensivo se deveria ir por esse caminho, avaliamos todos os riscos, é uma comunicação bem revolucionaria para a instituição”, explica.

Criada em 1951 nos EUA, a The Nature Conservancy (TNC) trabalha no mundo todo com o objetivo de proteger a natureza e preservar a vida. A ONG está presente em mais de 35 países. No Brasil desde 1988, desenvolve trabalhos em cinco biomas – Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal. Mais informações no site: http://www.tnc.org.br/

G1

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627