Observatório da ONU fará acompanhamento da Aids em prisões

Publicado em quinta-feira, maio 12, 2011 ·

ONU 2Em nove prisões da Bolívia, 10% dos presos têm HIV, em comparação com 0,2% da sociedade em geral. Dados como esse ainda são poucos na América Latina, o que dificulta uma resposta eficaz à Aids nos centros penitenciários. Para fazer frente a essa realidade, o Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Delito (ONUDD) criou recentemente o Observatório de HIV e Prisões da América Latina e do Caribe.

O Observatório reúne dados de 23 países, acessíveis através da página de web (com versão em espanhol e inglês). O principal objetivo do Observatório é ajudar os Governos e a sociedade civil a definir e desenvolver políticas nacionais baseadas nos padrões internacionais para o HIV nas prisões.
A ONUDD pretende concentrar a maior quantidade possível de dados sobre a epidemia na região. Segundo José Vila del Castillo, assessor regional do Escritório, “abordar o HIV nas prisões da região se tornou uma prioridade. O Observatório é uma ferramenta importante para acelerar os processos de reforma do sistema penitenciário e os programas de HIV nas prisões”.
A atuação do Observatório se dá com o desenvolvimento de metodologias para o recolhimento, o processamento, a análise e a validação dos dados científicos reunidos levando em conta o que é que funciona e a melhor forma de proceder na luta contra o HIV nas prisões. Também são oferecidos capacitação e apoio técnico através de manuais de referência, consultas on-line, fóruns de discussão e aulas virtuais.
A relativa falta de conhecimento sobre a situação da epidemia nessa população, a superlotação, a falta de acesso a proteção e a serviços de saúde de qualidade, e as condições de violência são alguns dos fatores que tornam os presos mais vulneráveis ao HIV na América Latina e no Caribe.
Além do ONUDD, o Observatório é apoiado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a Organização Pan-americana de Saúde (OPS), o Banco Mundial, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e ONUSIDA.

Fonte: Adital
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627