Número de feminicídios em João Pessoa diminui em 2014, mas ainda é preocupante

Publicado em segunda-feira, Janeiro 19, 2015 ·

violenciaDuas mulheres foram assassinadas na madrugada da última quinta-feira (15). Somadas às outras duas mortes violentas, tornaram esta madrugada a mais violenta de 2015 até agora.

Uma das mulheres encontrou a morte no Loteamento Novo Geisel, próximo do Condomínio Irmã Dulce, em Gramame. Por volta de 2h30 ela foi vítima de seis disparos. Os tiros a derrubaram e ela morreu. A polícia só foi informada do assassinato às 6h30. A perícia encontrou maconha e crack nos bolsos da vítima, que, até agora, não foi identificada.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O outro crime aconateceu por volta das 4h20, na rua Mariângela Lucena Peixoto, no Valentina. Ela também não foi identificada e foi vítima de tiros, como a outra mulher antes dela.

A polícia não encontrou qualquer ligação entre os dois crimes. Segundo o delegado titular de Homicídios da Capital, Reinaldo Nóbrega, os crimes terem acontecido na mesma noite reflete apenas uma “infeliz coincidência”.

A “infeliz coincidência” mostra o quanto ainda é chocante o assassinato de mulheres, ainda mais quando acontecem em tanta quantidade na Paraíba. Os crimes deste tipo, de acordo com o delegado, estão diminuindo a cada dia.

“Não podemos achar que este será um ano violento para as mulheres simplesmente por termos tido dois crimes na mesma noite”, declarou.

“Em 2014 tivemos 104 assassinatos de mulheres. Um número bem menor do que nos anos anteriores. É uma curva descendente que acreditamos que vamos conseguir manter”, declarou o delegado.

Em 2014 o número de assassinatos de mulheres na Paraíba foi correspondente a 7% do total de crimes violentos no Estado. “É um número pequeno que queremos diminuir. Vamos lutar para mudar este cenário”, declarou.

Região sul – Um foco de assassinatos que vem preocupando a polícia é a região sul de João Pessoa, especialmente os arredores do bairo Valentina de Figueiredo. Foi nesta região que os quatro assassinatos da última quinta-feira aconteceram.

“Temos visto a mancha da violência de João Pessoa se deslocar para esta região. Em 2013 isso ficou bastante evidente. Já estamos desenvolvendo estratégias junto à Polícia Militar para a ampliação da presença da PM na região. Mas é impossível controlar tudo, né? A polícia não é onipresente. Estamos fazendo o que está ao nosso alcance”, explicou o delegado.

Abaixo, veja o número de assassinatos de mulheres desde 2010.

2010 – 119

2011 – 146

2012 – 139

2013 – 118

2014 – 104

João Thiago

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627