Nissan lança popular March por R$ 27.790

Publicado em sexta-feira, setembro 23, 2011 ·

NissanmarchA Nissan lança oficialmente o compacto March no Brasil. O veículo que a fabricante anuncia como o primeiro carro popular japonês no Brasil vai custar a partir de R$ 27.790, preço que corresponde à versão de entrada, com motor 1.0 16V flex. A configuração com propulsor 1.6 16V flex partirá de R$ 35.890 (confira abaixo os preços de todas as versões).

O March, que já é vendido no Japão e em outros mercados – em alguns têm o nome de Micra -, é a grande aposta da Nissan para aumentar sua participação no mercado brasileiro para 5% até 2014. Em março passado, a marca chegou a 2%, o melhor resultado desde 2002, quando passou a atuar no país. Para este ano, o objetivo é atingir os 3% do mercado brasileiro, ficando entre as sete principais montadoras do país.

O presidente da Nissan no Brasil, Christian Meunier, confirmou os planos de construir uma nova fábrica no país, mas não revelou o local onde ela será erguida. A nova unidade terá capacidade para produzir 200 mil veículos por ano. O March que vem para o Brasil é fabricado no México.

Para enfrentar a concorrência pesada dos outros hatchs, o modelo vem de série com airbag duplo (motorista e passageiro) e tem direção elétrica como opcional para todas as versões. O porta-malas de 265 litros, no entanto, é um dos menores entre os hatchs de cinco portas que lideram em vendas — só ganha do GM Celta.

O motor 1.0 16V bicombustível desenvolve até 74 cavalos de potência a 5.850 rpm e torque de 10 mkgf a 4.350 rpm. De acordo com a montadora, os índices de consumo no perímetro urbano ficou em 9,5 km/l (álcool) e 14,2 km/l (gasolina). Já o bloco 1.6 16V flex desenvolve 111 cv a 5.600 rpm e torque de 15,1 mkgf a 4.000 rpm. Os números de consumo na cidade, ainda segundo a Nissan, foram de 8,8 km/l (álcool) e 13,3 km/l (gasolina).

Preços:
Nissan March 1.0 – R$ 27.790
Nissan March 1.0 Plus – R$ 28.490
Nissan March 1.0 Confort – R$ 31.990
Nissan Marcha 1.0 S – R$ 33.390
Nissan March 1.6 S – R$ 35.890
Nissan March 1.6 SV – R$ 37.990
Nissan March 1.6 SR – R$ 39.990

Versa no Brasil por R$ 36 mil
Os detalhes da versão brasileira do March foram dados em San Diego, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira (21), onde a Nissan também anunciou a vinda do seda Versa para o Brasil, em novembro, custando a partir de R$ 36 mil, com motor 1.6. Versa é o nome dado à linha Tiida nos EUA e em outros países. No Brasil, o Tiida sedã atual parte de R$ 44,5 mil, com motor 1.8.

O novo carro, que também é produzido no México, vai adotar o nome Versa também no mercado brasileiro. Mas a montadora não confirma que o nome Tiida deixará de existir na família de sedãs no país.

“Será o mesmo Versa que esta à venda aqui nos Estados Unidos”, adiantou a gerente de marketing da Nissan no Brasil, Ana Serra. Sem revelar mais detalhes do modelo que chegará ao país, ela confirma, no entanto, que o Versa sofreu adaptações para o mercado brasileiro.

Parceria com estudantes no Brasil
Em apresentações para jornalistas brasileiros no Centro de Design da Nissan em San Diego, executivos da montadora afirmaram que a marca tem muitos planos para o Brasil após os lançamentos do March e do Versa. Uma futura versão da Frontier Attack está em projeto. A atual começou a ser vendida especialmente no Brasil, no semestre passado. Havia três anos que a Frontier não era mais comercializada como Attack.

Um grupo de designers do centro da Califórnia visitou o Brasil, para conhecer melhor o mercado e os desejos do consumidor local. “É um país com muito potencial, que está crescendo loucamente, e a Nissan ainda tem uma participação pequena, mas queremos mudar isso rapidamente”, diz o gerente do Centro de Design, Richard Plavetich. “Por isso estamos ouvindo as pessoas não só nas ruas, mas também os estudantes de design [do Brasil], porque esses jovens podem entender e passar os anseios, o conhecimento do consumidor de uma forma que nao conseguiríamos entender sozinhos”.

G1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br