NICE ALMEIDA – Pela janela do quarto, pela tela!

Publicado em sábado, Janeiro 16, 2016 ·

Pela janela do meu quarto eu assisto, há meses, o mosquito Aedes aegypti fazer uma tremenda festa em um local que se transformou em um verdadeiro parque de diversões para o mosquito. Não sei bem do que se trata oficialmente, se é um depósito, uma garagem, uma oficina. Aos meus olhos trata-se apenas e simplesmente de um gigante criadouro do transmissor da dengue, zika e chikungunya.

IMG_20160218_091514995_HDR

 

 

 

 

 

 

 

 

O local, até onde saiba, é locado à prefeitura de João Pessoa, fato que pode facilmente ser comprovado pelos carros adesivados encontrados ali, alguns deles abandonados, servindo de moradia para o mosquito mais temido do Brasil.

Mas, não são só os carros. O lixo, o entulho, a viga aberta como se fosse um lava-jato abandonado, o mato que só cresce sem ninguém fazer uma limpeza, enfim… um ambiente mais que propício para acumular água parada e hospedar o Aedes.

Eu cuido demais da minha casa para evitar atrair o mosquito. Limpo diariamente e nem mesmo no reservatório de minha cachorrinha Bela deixo água. Estou sempre limpando e coloca apenas a quantidade que ela deverá beber para evitar que por ali fiquem larvas.

E aí eu fico me perguntando: do que está servindo o meu cuidado, se o meu vizinho, no caso a prefeitura, não faz a sua parte?

E não foi por falta de denúncia não gente! Liguei para o disque-dengue, me disseram que o caso era com a Emlur. Liguei para a Emlur me disseram que era com a Vigilância. Liguei para a Vigilância que me passou para o disque-dengue de novo.

Sem solução denunciei por várias vezes nas redes sociais marcando as redes da prefeitura. Nunca tiveram a dignidade de ao menos me responder.

Amigos meus me pediram e eu pedi, e o jornal Correio da Paraíba também trouxe a denúncia no seu espaço do leitor. Nem assim obtive respostas.

Recorri ao aplicativo Aedes na Mira há uns 15 dias… nada!

O criadouro gigante continua ali no mesmo local, sem que nenhuma providência seja tomada. O endereço todos já sabem porque não é a primeira vez que denuncio. Fica no Geisel, por trás da Nova Central de Polícia. Não existe referência mais fácil que essa.

Só digo uma coisa: não adianta gastar dinheiro com tanta campanha se você, Prefeitura de João Pessoa, não limpa o próprio quintal.

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br