Ney rompe o silêncio e diz que são cada vez mais remotas as chances de Maranhão assumir cargo federal

Publicado em domingo, maio 1, 2011 ·

ney suassunaA nomeação para um cargo de relevância no governo da presidente Dilma Rousseff vai ficando cada vez mais remota para o ex-governador José Maranhão (PMDB). A análise é do ex-aliado em sucessivas batalhas, o ex-senador Ney Suassuna, que deixou o PMDB e se filiou ao PP no ano passado.

“Ele (Maranhão) ainda não foi convidado porque desobedeceu a parâmetros legais e constitucionais nos três mandatos que desempenhou à frente do Executivo estadual”, alfinetou Suassuna em entrevista ao Jornal O Norte, insinuando ter informações privilegiadas de bastidores sobre a realidade paraibana.

Publicamente, Maranhão evita passar recibo da controvérsia sobre sua nomeação. Tem dito apenas que possui uma vida pública honrada e que não teme qualquer denúncia ou investigação. Não critica o ex-presidente Lula nem a presidente Dilma. Dono de propriedades de gado em estados como Tocantins e Maranhão, ele não deixa de lado a articulação com lideranças políticas influentes em Brasília, em cujos gabinetes costuma transitar com desenvoltura.

Em termos partidários, o ex-governador mantém domínio avassalador na agremiação na Paraíba, e ainda agora comanda uma ofensiva para preparar o partido com vistas às eleições municipais de 2012. O PMDB quer ter candidatos próprios nos grandes centros, mas está aberto a composições, dependendo da situação.

As bancadas que lhe são fiéis juram que estão torcendo para a confirmação de seu prestígio no Planalto. De concreto, porém, o desfecho do caso está nas mãos do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, incumbido de fazer a triagem de nomes para submetê-los à presidente Dilma Rousseff, a quem cabe ‘bater o martelo’.

Paraíba Já

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627