Negligência: Samu passa uma hora para socorrer vítima e atendente ignora ligações de socorro

Publicado em sábado, novembro 1, 2014 ·

 

acidente1Mais um caso de demora no atendimento à vítima de acidente foi registrado na noite dessa sexta-feira (31), em Solânea. José Sales da Silva, 38 anos, passou exatamente uma hora no chão aguardando a chegada de socorro. O acidente ocorreu por volta das 22h15 quando José Sales vinha em sua moto, no Centro da cidade, e foi atingido por um carro que saía da rua ao lado da Igreja Matriz vindo a se chocar com a moto da vítima.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A polícia militar prontamente chegou ao local para tomar as providências necessárias com relação ao acidente. Mas, o que mais chamou atenção foi mais uma vez a demora no atendimento da vítima por parte do Samu.

 

acidente2A equipe do Focando a Notícia acompanhou a todo o momento a preocupação dos familiares. “Assim que cheguei ao local, antes mesmo da família, liguei para o atendimento do Samu, eles informaram que alguém já tinha solicitado o atendimento e que a ambulância estava a caminho. Como o posto do Samu fica a 300 metros do local, 10 minutos depois liguei novamente e mais uma vez foi informado que a unidade estava a caminho. Ouvindo o apelo dos familiares próximos a mim o atendente simplesmente desligou a ligação”, relatou disse Luís Carlos, repórter do Focando a Notícia.

 

Por diversas vezes nossa equipe tentou retornar a ligação, mas assim que informava que era de Solânea o atendente desligava a ligação. Segundo informações, a unidade básica estava em atendimento a outra vítima, mas a unidade avançada encontrava-se no posto de atendimento.

 

samuNossa equipe e membros da família se dirigiram até a base da Samu. Lá um das pessoas que integram o Samu disse que sabia do ocorrido por populares, mas que a Central não havia autorizado nenhum atendimento para aquela unidade. Os familiares ficaram de plantão em frente a base da unidade até sua saída mostrando muita revolta. Só uma hora depois a mesma unidade foi autorizada a sair e socorrer a vítima.

 

Ao retornar ao local do acidente, Marivaldo Dantas, que também faz parte da impressa local, informou a nossa equipe que em uma ligação para central do Samu perguntou ao atendente se ele sabia que Solânea tinha duas unidades do Samu. O atendente não soube informar de imediato e na sequência foi que confirmou uma outra unidade na cidade.

 

“Pelo que entendi o atendente, de nome Flávio, não sabia que em Solânea existe duas unidades do Samu”, contou Marivaldo acrescentando que “percebo que os atendentes da Central não são pessoas capacitadas para lidar com situações de desespero das famílias. Grave ou não, nenhum familiar quer ver seu parente passar uma hora aguardando atendimento no chão frio da noite. Eles simplesmente ignoram o apelo da família”.

 

Redação/Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627