Na PB, Marina fala em diminuição de Ministérios e ‘ataques’ de Dilma: ‘não vou utilizar as mesmas armas’

Publicado em sábado, setembro 13, 2014 ·

Foto: Rafael Oliveira
Foto: Rafael Oliveira

A candidata a presidente da República, Marina Silva (PSB), chegou em João Pessoa por volta das 17h30 e logo após o desembarque seguiu direito para o Hospital Padre Zé onde participou de uma coletiva de imprensa e recebeu um troféu. Em seguida foi direto para um comício no bairro de Mangabeira.

Marina ouviu o pronunciamento do diretor do Hospital, Padre Egídio Carvalho que depois fez solicitações para que o governo não esquecesse da filantropia que é aliada da Saúde. Ela respondeu reforçando essa questão e lembrou que hoje faz um mês da morte do então candidato Eduardo Campos afirmando que carrega com ela tudo o que aprendeu com o socialista.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Após isso, Marina se prontificou a responder cinco questões da imprensa. Atrasada, a coletiva foi rápida e alguns jornalistas ficaram decepcionados com a falta de organização. Uns atropelaram outros e um membro da equipe fez um questionamento institucional em meio à coletiva.

Marina afirmou que vai destinar 10% do Orçamento para Saúde e Educação, além do passe livre e maior repasse para as prefeituras totalizando R$ 140 bilhões. Questionada de quais setores a candidata tiraria esses recursos, Marina titubeou e afirmou que vai rever as obras de infraestrutura que terminam com valores maiores que o que foi orçado e vai dar eficiência ao gasto público com transparência. “Acho que o gato público está muito alto e temos que pensar em uma redução de ministérios”, contou.

A candidata ainda criticou a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmando que a petista está fazendo ataques a ela em seu guia e que lamenta que Dilma ‘no desespero de sua campanha que está tendo sinais de perda’, venha a tomar uma ‘atitude desesperada’ dessas onde perde tempo no horário eleitoral para ficar ‘criando boatos e atacando’. “Não vou concorrer utilizando as mesmas armas”, afirmou.

Finalizando, a candidata recebeu o troféu Maria da Penha que era uma boneca de pano feita com algodão colorido e relembrou uma história de infância apontando que gosta de bonecas e artesanato.

Com ela na coletiva estavam o governador Ricardo Coutinho, a primeira-dama Pâmela Bório, o Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, seu vice Beto Albuquerque e o presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas.

Marília Domingues / Rafael Oliveira

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627