Mulher é acusada de vender filho, recém-nascido, na rodoviária de Guarabira

Publicado em sábado, Abril 14, 2012 ·

 

A criança teria sido entregue a um casal no Rio Grande do Norte


Uma mulher que reside no Sítio Jenipapo, em Alagoinha, no Brejo paraibano, é suspeita de ter vendido o próprio filho, no terminal rodoviário de Guarabira, na tarde da sexta-feira (13).

De acordo com as informações, a acusada trabalhava e morava em João Pessoa, onde passou a morar com um homem. Aos três meses de gravidez, quando descobriu que a companheira estava grávida, o mesmo a expulsou de casa dizendo que o filho não era seu. A acusada retornou para Alagoinha, onde teve a criança.

A polícia foi informada que a mulher teria vendido o seu filho a um casal residente em Natal, no Rio Grande do Norte. A mulher será levada, pela polícia, até a casa deste casal, em Natal, para averiguar a informação.

Juka Martins/Portal Mídia, com informações de Zé Roberto

Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627