MST afirma que ocupação em Casserengue é legal e rebate acusações do proprietário, ‘ele incendiou o próprio carro’

Publicado em terça-feira, setembro 2, 2014 ·

CasserengueO Movimento dos Sem Terra afirmou que a ocupação de uma fazenda em Casserengue não é ilegal e as acusações do proprietário são inverdades. De acordo com os Sem Terra, a propriedade é improdutiva e as 40 famílias que estão no local não irão sair.

 

Segundo Adriana Araújo, o INCRA declarou que a propriedade é improdutiva. A ocupação dessa propriedade se desenrola desde o ano passado. A última ocupação foi em abril deste ano e na ocasião os Sem Terra foram recebidos com tiros do proprietário. “Um dos nossos companheiros foi atingido e ficou ferido”, colocou.

 

O proprietário da fazenda procurou a Federação da Agricultura e Pecuária afirmando que o MST invadiu o sítio, matou um boi e incendiou uma casa. Além disso, na invasão de abril, seu carro teria sido incendiado. Adriana contesta, ‘ele não tem provas do que está falando e essa situação com o carro foi ele mesmo que incendiou e está colocando a culpa na gente”, alegou.

 

Adriana afirmou que as 40 famílias que estão no local não irão sair até que seja feita uma negociação com o fazendeiro e com o Incra.

 

A ocupação do MST não é ilegal quando a terra é improdutiva, ou seja, a propriedade não está cumprindo sua razão social. Isso está na constituição. O ocupação do MST é uma forma de reivindicar o direito de usar aquela terra.

Pedro Callado

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627