Mistério: ministro leva recurso de Cássio ao plenário do STF e não antecipa voto

Publicado em sexta-feira, junho 3, 2011 ·

cassio2A assessoria do gabinete do ministro Joaquim Barbosa comunicou que o Recurso Extraordinário 634250, interposto por Cássio Cunha Lima para tomar posse no Senado Federal, será julgado pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão saiu na tarde desta sexta-feira (3).

Barbosa, relator do recurso, não antecipou, porém, se seu voto será contra ou a favor da posse de Cunha Lima.

“O voto do ministro só será revelado em plenário”, disse um assessor.

Anteriormente, o ministro decidiu – de forma monocrática – pelo provimento do RE com base na Lei da Ficha Limpa, cujo efeito não será retroativo às eleições 2010.

Mas a decisão do também ministro do STF Luiz Fux, cancelando a posse do senador eleito pelo Tocantins Marcelo Miranda reacendeu as expectativas em relação a posse do paraibano.

Fux entendeu que Miranda estava inelegível em outubro de 2010. Os advogados de Cunha Lima apostam, porém, que o caso do tucano é diferente.

O processo do ex-governador enfrenta três agravos regimentais interpostos por Bivar Sousa Duda, José Andrea Magliano e a pela Coligação ‘Paraíba Unida’, de Wilson Santiago.

O rumo político do ex-governador caberá a Presidência do STF, que determinará a data do julgamento.

Hyldo Pereira e Adriana Bezerra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627