Ministra diz que, na Paraíba, violência contra a mulher é histórica

Publicado em sexta-feira, agosto 9, 2013 ·

eleonora meinucciA ministra da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Eleonora Menicucci, participou na manhã desta sexta-feira (9) da cerimônia de assinatura do termo de adesão que garante parceria entre União, Estado e Município no programa ‘Mulher, Viver Sem Violência’, do Governo Federal. A solenidade teve ainda a presença do prefeito Luciano Cartaxo, do governador Ricardo Coutinho e ocorreu no Palácio da Redenção, em João Pessoa.

Eleonora disse que a violência contra a mulher na Paraíba é histórica e vem desde os anos 80, mas atualmente é combatida através de ações do Governo Federal implementadas nos últimos dez anos. Mesmo assim, ela lamenta que ainda sejam registrados tantos casos de agressão e morte. “Nos últimos dez anos, o Governo Federal lançou o Pacto de Enfrentamento de violência contra as mulheres. A Paraíba foi um dos estados que construiu uma rede forte e consolidada de serviços, no entanto, essa rede não é suficiente para atender a demanda, que ainda é alta”.

A ministra também lembra que a parceria entre o programa “Mulher, Viver Sem Violência” com as outras esferas do poder é extremamente importante para garantir a celeridade de processos judiciais pendentes e rapidez no atendimento às mulheres vítimas de violência. “No Brasil há apenas 523 delegacias da mulher, o que é muito pouco para atender todo o país. Este programa jamais estaria de pé se não houvesse essa parceria sólida com a Justiça, os Estados e Municípios”.

Na tarde desta sexta-feira (9), Eleonora Menicucci entrega uma unidade móvel que ficará à disposição da Zona Rural de Alagoa Grande (a 100 km de João Pessoa) e vai levar atendimento policial, jurídico e psicológico para as mulheres vítimas de violência, além de acelerar a expedição de medida de proteção que deve salvar a mulher dos perigos. “Os serviços itinerantes vão chegar aos locais mais distantes, até aquelas pessoas que têm pouco acesso às cidades. Serão oferecidos serviços de delegacias, procuradoria, atendimento psicológico, defensorias, orientação para emprego e juizado que vai emitir, em 24 horas, medida de proteção para a mulher agredida”.

Casa da Mulher Brasileira

A cidade de João Pessoa irá sediar a Casa da Mulher Brasileira, uma unidade especializada e com diversos serviços para o atendimento a mulheres vítimas de violência. A Casa faz parte do Programa ‘Mulher, Viver Sem Violência’, do Governo Federal, que ganhou a adesão da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), nesta sexta-feira (9).

A iniciativa visa integrar os serviços públicos de atenção às mulheres em situação de violência, proporcionando-lhes atendimento humanizado. O documento foi assinado também pela ministra Eleonora Menicucci; pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho; pela presidenta do Tribunal de Justiça, Maria de Fátima Cavalcante; pelo procurador-geral do Ministério Público, Oswaldo Trigueiro do Vale Filho; e pelo defensor público-geral da Paraíba, Vanildo Brito.

O “Mulher, Viver sem Violência” conta com investimento de R$ 265 milhões e estabelece ações para a melhoria da coleta de vestígios de crimes sexuais; a transformação da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, da SPM em disque-denúncia para acionamento imediato da Polícia Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); a criação de seis centros de referência nas fronteiras secas do Brasil com a Bolívia, a Guiana Inglesa, o Paraguai e o Uruguai; e a construção da Casa da Mulher Brasileira – uma unidade em cada capital do país.

“Com a adesão da Prefeitura de João Pessoa ao programa e, consequentemente, com a instalação da Casa da Mulher Brasileira, a cidade ganhará mais um serviço de atendimento às mulheres vítimas de violência, somando de forma significativa a rede de atendimento a essas mulheres que já funciona na Capital”, ressalta a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Socorro Borges.

portal correio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627