Ministério das Cidades vai investir 70 milhões até o final do ano para combater violência no Trânsito, diz Aguinaldo

Publicado em domingo, setembro 23, 2012 ·

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, afirmou na sexta-feira (21/09), durante cerimônia alusiva à Semana Nacional de Trânsito, realizada no Palácio do Planalto, que as ações permanentes de conscientização são fundamentais para reduzir o número de mortes no trânsito e sensibilizar as pessoas.

“Consciência é a palavra chave. Nós só conseguiremos implementar essas ações se tivermos o envolvimento de todos vocês nessa luta. E nossa meta com o Pacto de reduzir em 50% o número de vítimas do trânsito brasileiro até 2020 é ambiciosa, mas possível. Cada vida é única, por isso cada perda que conseguimos evitar será uma vitória de todos”, ressaltou ele, na cerimônia em que a presidenta Dilma Rousseff aderiu à campanha.

O ministro destacou também que a sua pasta vai investir R$ 70 milhões até o fim do ano em ações para reduzir acidentes no trânsito. Ribeiro informou que esses valores se referem a gastos somente do Ministério das Cidades e que haverá também outras ações por parte dos Ministérios da Saúde e da Justiça.

Na ocasião, o ministro lançou o vídeo da campanha permanente do Ministério das Cidades, produzido em parceria com Emerson Fitipaldi, e destacou a importância do engajamento dos diversos atores da sociedade envolvidos na ação. “Hoje é um dia marcante, estamos aqui reunindo diversos segmentos da sociedade, que se unem nesse pacto pela vida. Essa é uma política de toda a sociedade brasileira e sem o envolvimento de todos não conseguiremos alcançar”, ressaltou.

Aguinaldo Ribeiro explicou que o Pacto pela Vida nasceu de uma convergência de ações, que envolveu todas as áreas do Governo Federal em prol da causa. “Mais do que uma ação do governo, essa iniciativa da nossa presidenta é um chamamento à sociedade, uma resposta que nós, como país, precisamos dar a nós mesmos, para evitar que novas tragédias nos prive desse capital humano”, alertou.

Durante a cerimônia, o ministro lembrou pessoas que poderiam estar presentes no lançamento da campanha, mas perderam a vida, vítimas de acidentes de trânsito, como o filho da atriz Cissa Guimarães, que também aderiu á campanha. “Um governo mostra sua face humana não apenas pelas estatísticas que sobem, mas, principalmente, pelas que declinam”, comentou.

Além do filme da campanha, que faz parte das ações do ministério na Semana Nacional de Trânsito, também serão realizadas ações permanentes de mobilização e de conscientização dos motoristas, como por exemplo, para não falar ao celular e não beber antes de dirigir.

Durante a cerimônia o ministro das Cidades assinou o livro de adesão ao Pacto Nacional pela Redução de Acidentes – Parada, junto com a presidenta Dilma, o piloto Emerson Fitipaldi, a atriz Cissa Guimarães, a cantora Paula Fernandes e o apresentador de TV, Marcelo Tas e outras personalidades presentes no evento.

O Parada é a resposta do Brasil à determinação da Organizações das Nações Unidas (ONU) de diminuir em 50% o número de acidentes no trânsito, no período de 2011 a 2020: “Década de Ações de Segurança no Trânsito”.

Assessoria

Comentários

Tags : , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627