Milton Nascimento completa 70 anos e diz que nunca analisou nada em seu trabalho

Publicado em sexta-feira, outubro 26, 2012 ·

Milton Nascimento chega, nesta sexta-feira (26), à turma dos 70 anos –da qual já fazem parte Caetano Veloso e Gilberto Gil, e em breve Paulinho da Viola. Um dos compositores e intérpretes mais consagrados da música popular brasileira, Milton admite que não enxerga seu papel de forma tão entusiasta. “Vou ser muito sincero, eu nunca analisei nada em relação ao meu trabalho. As pessoas vivem me pedindo para analisar minhas músicas, analisar a MPB, analisar isso e aquilo. Gosto muito mais quando alguém chega para mim e me fala a sensação de ouvir as coisas que eu faço. Isso é gratificante”, disse ele em entrevista ao UOL.

Neste ano completa-se também quatro décadas do renomado “Clube da Esquina”. Em 1972, com quatro discos já lançados, Milton gravou com Lô Borges o que viria a ser um dos maiores movimentos da música brasileira e, em 1978, repetiu a dose com o segundo álbum da série.

Quando eu coloco um disco para tocar eu não quero saber se é pop, rock ou sertanejo. O que me interessa é somente a música.

Milton Nascimento

Apesar do sucesso, Milton é enfático ao dizer que o tão esperado “Clube da Esquina 3” nunca irá acontecer. “Em quase 80% das entrevistas sempre aparece essa pergunta, e mais uma vez eu digo: impossível. Hoje vivemos em outra época, e as coisas que aconteceram no passado jamais vão se repetir. O disco ‘Angelus’, gravado em 1993, eu considero como se fosse um ‘Clube 3’. Agora também não posso ficar falando isso aqui senão logo já começam a me perguntar sobre o ‘Clube 4′”, brincou.

Após quase 50 anos de carreira, Milton não fala em legado musical. “A maioria dos discos que eu escuto é presente de amigos ou de pessoas que costumam me entregar depois dos shows. E pode acreditar, eu ouço todos, sem nenhuma exceção. Quando eu coloco um disco para tocar eu não quero saber se é pop, rock ou sertanejo. O que me interessa é somente a música. Acho que não tem isso de legado musical, cada um faz a sua própria história”.

Com uma discografia de mais de 40 discos, quatro DVDs, dezenas de títulos e premiações, o que podemos esperar do cantor para o futuro? “Vamos gravar o DVD do show ‘Milton Nascimento – 50 anos de Voz nas Estradas’ no Vivo Rio, no dia 25 de novembro. Ainda não temos a data de lançamento, mas provavelmente não vai ser muito tempo depois da gravação. Além disso, estou com umas sete músicas novas e, quem sabe, vem um disco novo por aí”.

Uol

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627