MEL: PB teve 160 crimes com características homofóbicas; 35% dos casos nos últimos três anos

Publicado em segunda-feira, Fevereiro 25, 2013 ·

lgbtO Movimento do Espírito Lilás (MEL) contabilizou 160 crimes com características de homofobia na Paraíba desde 1990. Cerca de 35 por cento dos casos foram registados nos últimos três anos. Foram 11 em 2010; 19 em 2011 e 27 em 2012.

Os dados demonstram, na opinião da entidade, a ineficiência nas políticas públicas de proteção aos LGBT ((Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

No entanto, o MEL reconhece alguns avanços nas últimas duas décadas no fortalecimento da rede de proteção aos LGBT, como a criação do Programa Brasil Sem Homofobia do Governo Federal em 2004, o reconhecimento da União Estável Homoafetiva pelo STF em 2011, a implantação da Delegacia Especializada em Crimes Homofóbicos pelo Governo da Paraíba em 2009, a aprovação da Lei Estadual 7.901 de combate a homofobia em 2005, a criação do Centro de Referência dos Direitos do LGBT em 2011 pelo Governo do Estado e a aprovação do Coordenadoria da Promoção da Cidadania LGBT e da Igualdade Racial de João Pessoa que foi aprovada em 2011 que ainda não foi implantada pela gestão municipal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No dia 2 de março de 2013 o MEL (Movimento Espírito Lilás) realizará uma votação para eleger a sua nova diretoria, a entidade que completa vinte e um anos em prol da defesa dos direitos humanos e da cidadania dos LGBT no estado da Paraíba, se firmou como o primeiro movimento gay do estado no início da década de noventa.

À frente da nova direção está Renan Palmeira e Myke Fonseca que irão continuar as ações para conscientizar e sensibilizar a população visando desta forma, diminuir o preconceito, a discriminação e a homofobia no estado da Paraíba.

 

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627