Manoel Júnior é citado como suspeito de integrar organização criminosa em denúncia contra Temer

Publicado em terça-feira, junho 27, 2017 ·

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), ex-deputado federal, foi citado na denúncia do procurador-geral da República Rodrigo Janot acusado de integrar de uma organização criminosa em cabeçada pelo presidente Michel Temer (PMDB). A denúncia foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo as acusações de Janot, existe dentro do PMDB, partido de Temer e Manoel Júnior, uma divisão interna para realização de articulações tanto no Senado Federal como na Câmara Federal, em que o PMDB atuava como indicações de nomes para ocupar cargos de setores estratégicos de liberação dos recursos.

De acordo com a denúncia, Manoel Júnior e 14 deputados federais eram responsáveis pela “venda” de emendas e verbas de obras que beneficiavam empresas e políticos envolvidos nos processos. “Verificou-se a atuação de organização criminosa complexa, estruturada basicamente em quatro núcleos: a) O núcleo político, formado por partidos e por seus integrantes; b) o núcleo econômico, formado por empresas que eram contratadas pela Administração Pública e que pagavam vantagens indevidas a funcionários de alto escalão e aos componentes do núcleo político; c) o núcleo administrativo, formado pelos funcionários de alto escalão da Administração Pública; e, finalmente; d) o núcleo financeiro, formado pelos operadores que concretizavam o repasse de propinas, relatou Janot.

Também foram citados na denúncia os deputados federais Aníbal Gomes (PMDB-CE), Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Henrique Eduardo Lyra Alves (PMDB-RN), Fernando Antônio Falcão Soares (lobista), João Magalhães (PMDB-MG), Altineu Cortes (PMDB-RJ), Andre Moura (PSC-SE), André Esteves (banqueiro), Nelson Bournier (PMDB-RJ), Solange Almeida (PMDB-RS), Carlos Willian (PTC-MG), Lúcio Bolonha Funaro (doleiro) e Arnaldo Farias de Sá (PTB).

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627