Mais dois deputados da oposição devem migrar para a bancada do governo na ALPB

Publicado em terça-feira, outubro 13, 2015 ·

trocolli e hervazioO governador Ricardo Coutinho (PSB) deverá reforçar, ainda mais, a sua bancada na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) nos próximos dias. É que dois deputados da oposição estão bem próximos de migrar para o grupo governista. A informação foi confirmada, nesta terça-feira (13), pelo líder do governo na Casa de Epitácio Pessoa, Hervázio Bezerra (PSB) e pelo secretário de Estado da Articulação Política, Trocolli Júnior.

Os nomes dos parlamentares por enquanto são mantidos em absoluto sigilo. “A bancada hoje tem 22 deputados, mas com perspectivas de chegarmos até o final do ano com até 24 integrantes. Não posso revelar os nomes por questões políticas. Estamos conversando com todos, mas existem dois que podem vir compor o governo, pois, toda gestão precisa de uma maioria de 24 votos na Casa”, disse Hervázio Bezerra.

O deputado citou como exemplo a derrota sofrida pelo governo na ALPB, em matéria que facultava aos militares o direito ao assessoramento jurídico feito por procuradores do Estado em processos penais. Segundo o líder, a rejeição ocorreu justamente no dia em que a bancada estava desfalcada de alguns parlamentares. “Não foi uma derrota do governo, mas dos policiais, com o placar de 17 a 10, quando precisávamos de 19 votos, e não tivemos naquele dia”, enfatizou.

O líder do governo afirmou ainda que os deputados tiveram dificuldade em assimilar inicialmente a forma de tratamento do governador Ricardo Coutinho com o Poder Legislativo, mas que se adaptaram com o passar do tempo.

“Eu desafio hoje quem tem coragem de pedir uma gratificação ao governador, eu não tenho, porque não existe gratificação e nem emprego pela crise que estamos passando. Então, a forma de Ricardo Coutinho administrar mudou paradigmas. Detalhe, o deputado pode uma passagem molhada, um asfalto, ou obras em qualquer município, que ele fica preocupado em resolver, mas gratificação é difícil”, concluiu.

Ângelo Medeiros

wscom

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br