Mais de 75 mil pessoas devem contrair dengue em 2012; CIB aprova plano de combate a doença

Publicado em sábado, dezembro 17, 2011 ·

dengueA portaria 2557/2011 do Ministério da Saúde, informa que a expectativa é que 2% da população do Estado sejam acometidos de dengue em 2012, o equivalente a 75.331 pessoas. Para evitar que isso  aconteça, a Secretaria de Estado de Saúde elaborou o Plano Estadual de combate a doença. O documento foi aprovado esta semana pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB). O Plano e traz um panorama da estrutura do Estado – hospitais, laboratórios e núcleos de saúde – e as ações que serão desenvolvidas e tem como objetivo reduzir as vulnerabilidades para possível epidemia por dengue na Paraíba durante o ano que vem.

Durante a apresentação do plano foi solicitado ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) que intensifiquem os trabalhos educativos e preventivos contra a dengue. De acordo com a gerente operacional de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde, Bernadete Moreira de Moura, algumas ações do plano já estão sendo executadas a exemplo do trabalho educativo e preventivo que vem sendo executado com alunos de escolas publicas de todo o Estado.

“ É importante destacar que o plano de contingência foi elaborado pelo Estado para todos os municípios, independente se eles são prioritários ou se vão receber o incentivo do governo federal para intensificar as ações de combate a doença. O plano é uma medida para reduzir o número de casos a partir da última semana de dezembro, quando é verificado, todos os anos, aumento no número de notificações”, disse a gerente executiva de Vigilância em Saúde (Gevs), Júlia Vaz.

Entre as ações estão a realização de ações de mobilização da população e de controle vetorial em parceria com a Defesa Civil do Estado e Corpo de Bombeiros quando o perfil epidemiológico apontar a necessidade ou quando solicitado pelas SMS, de janeiro a agosto do ano que vem; a realização da virologia para dengue no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do Estado; Adquirir capas de tonéis para distribuir com municípios que necessitam de armazenamento de água para o consumo humano e o monitoramento da circulação viral com análise de, no mínimo, cinco amostras por Gerência Regional de Saúde (GRS), além de várias outras. Durante a apresentação do plano ainda poderão ser acrescentadas mais ações.

Paulo Cosme com Secom-PB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br