Luciano Lartaxo gasta mais de r$ 1,2 milhão por mês com uma secretaria sem resultados na pmjp

Publicado em segunda-feira, setembro 9, 2013 ·

luciano-cartaxoSem mostrar nenhum tipo de resultado prático na Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), tem apenas um dado concreto para apresentar sobre a pasta em sua gestão: por mês o petista gasta, em média, R$ 1,2 milhão com o gerenciamento dessa área na capital. De janeiro até junho, a segurança consumiu mais de R$ 7 milhões.

 

A Secretaria de Segurança de João Pessoa foi criada pelo próprio Cartaxo logo depois de sua posse com o intuito, segundo ele, de planejar, coordenar e supervisionar as atividades na área de segurança com trabalho focado na prevenção à violência. Para cuidar da pasta foi escolhido o ex-vereador Geraldo Amorim, que não obteve êxito nas eleições de 2012 perdendo a vaga na Câmara Municipal.

 

O atual secretário atualmente vive escondido no total anonimato, já que pouco se tem visto de ações da pasta. E, apesar do quase esquecimento, e da falta de projetos reais na gestão da segurança pública, os custos têm ficado altos. Na “pasta” do secretário, até o momento, o que se pode encontrar são planilhas de gastos que não têm sido pequenos, de acordo com o Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

 

Conforme os dados levantados pelo PolíticaPB, em janeiro a secretaria teve um custo de R$ 1.048.416 milhão. O montante foi crescendo mensalmente. Em fevereiro foi de R$ 1.067.639 milhão; em março de R$ 1.070.400 milhão; em abril de R$ 1.084.439 milhão; em maio de R$ 1.143.564 milhão; e, em junho de R$ 1.655.764 milhão.

 

Sem ações e projetos a Secretaria de Segurança Público parece ter se transformado mesmo em um lugar produzido com a intenção de abrigar aliados. Ao todo a pasta tem 17 funcionários que fazem parte do seu alto escalão.

 

Além do secretário Geraldo Amorim, existe ainda um chefe de gabinete, dois assessores jurídicos, uma assessora de imprensa, uma psicóloga, uma economista, uma gestora pública, uma assessora de articulação comunitária e uma pedagoga. Ainda estão lotados na secretaria um diretor de formação em segurança, um coordenador de vídeo monitoramento, um diretor administrativo financeiro, um diretor de recursos humanos, um diretor operacional, um corregedor e um comandante geral da Guarda Municipal.

 

FONTE: NICE ALMEIDA

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627