Longe dos filhos, Giba relata problema financeiro e pensa em parar

Publicado em domingo, julho 21, 2013 ·

gibaQuase um ano após disputar a final olímpica e dar adeus à Seleção Brasileira com a medalha de prata em Londres, o ponteiro Giba vive um momento ruim do lado pessoal e profissional. Com uma separação conturbada com a romena Cristina Pirv, com quem foi casado por nove anos, e sem clube para jogar, o ex-capitão da Seleção admitiu, em entrevista à TV Globo, que cogita a aposentadoria.

 

Sobre a separação, Giba afirmou que teme que seus filhos sofram com a briga judicial com a ex-mulher. “Quem está sofrendo são meus filhos, só consigo falar com eles através de advogado, mandado juridico. Contra ela não tenho absolutamente nada. O que me preocupa são meus filhos, o que essa briga pode causar de trauma para eles”, afirmou o ponteiro, que afirma que o embate com Pirv o prejudicou também financeiramente.

 

“Financeiramente não estou bem, por causa da separação não tenho como fazer nada com o meu patrimônio porque ele está preso”. Se do lado pessoal a situação não está boa, do lado profissional a vida de Giba também não é das melhores. Após sair do argentino Drean-Bolívar, o jogador tenta retornar ao Brasil, mas tem encontrado dificuldade para arranjar uma equipe para jogar. Giba afirmou na entrevista à TV Globo que recebeu várias propostas do exterior, mas que não quer deixar o Brasil, principalmente por conta dos filhos.

 

Giba diz que pode se aposentar se não encontrar time no Brasil para jogar  Foto: João Pires/CBV / Divulgação
Giba diz que pode se aposentar se não encontrar time no Brasil para jogar
Foto: João Pires/CBV / Divulgação

​”É dificil acreditar porque depois de 20 anos eu deixei a Seleção, com várias propostas de fora, optei por ficar no País. Caso não aconteça de eu jogar: paciência. Vou continuar meu estudo, mas não saio daqui. Oito anos fora, não aguento mais. Eu só queria acabar devagar no meu País. A ideia era essa, se precisar que acabe desse jeito e eu continue aqui dentro, eu paro amarradão…Me aposento com papel cumprido, sabendo que fiz tudo que eu podia fazer”, afirmou Giba, que negou que tenha pedido para retornar à Seleção Brasileira e disse que não cogita, por enquanto, mudar para o vôlei de praia.

 

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br