Juvenal recua, mantém Carpegiani e Rivaldo e resolve multar o camisa 10

Publicado em segunda-feira, maio 16, 2011 ·

rivaldoPelo menos por enquanto, Paulo César Carpegiani vai continuar como técnico do São Paulo. A diretoria, que havia bancado a sua saída no fim de semana, após a eliminação na Copa do Brasil, correu atrás de Cuca, campeão mineiro com o Cruzeiro, e de Dorival Júnior, vice-campeão com o Atlético-MG. Ambos não aceitaram. O comandante do Galo ainda tinha uma multa rescisória de R$ 2 milhões. Sem alternativas de consenso entre os dirigentes, com uma multa de R$ 1 milhão para dispensar o atual técnico e com medo de errar novamente na escolha, o presidente Juvenal Juvêncio recuou e, mesmo tendo feito duras críticas no desembarque da delegação na última sexta-feira, resolveu mantê-lo.


Na sexta-feira, quando a delegação desembarcou em Congonhas, vinda de Florianópolis, o dirigente conversou com os jornalistas e disse que já estava de olho no mercado. E havia revelado que não haveria clima para Rivaldo e Carpegiani continuarem.

– Os bons estão empregados. É assim mesmo. Mas é claro que existe a chance de o São Paulo ir atrás de um técnico empregado. Esta é a lei do futebol, e eu não sou diferente. Sem agir com pressa, esta diretoria sempre teve atitude e agora terá outra vez. Acho muito difícil o Rivaldo e o Carpegiani continuarem juntos no São Paulo. Não posso ser cínico. Houve uma discussão pública entre o técnico e o atleta, o que deixa a convivência dos dois mais complicada. A direção vai resolver isso, como sempre fez – disse Juvenal na ocasião.

O primeiro passo para a continuidade do técnico no São Paulo foi dado por Juvenal, que se reuniu com Rivaldo e Paulo César Carpegiani na sua sala no CT da Barra Funda. O treinador, que havia deixado claro que também não trabalharia mais com o jogador, após o forte desabafo feito pelo camisa 10 em Florianópolis – disse ter sido humilhado pelo comandante – expôs o seu lado, o jogador deu sua versão e o comandante “selou a paz” entre as partes. O meia ainda será multado em 10% dos seus vencimentos.


O treinador e o meio-campista concederão entrevista coletiva após o treino desta segunda-feira. Após conversar com o camisa 10 e com o dirigente, Carpegiani reuniu o restante do grupo e teve um papo de aproximadamente 40 minutos. O treinador agora começará a preparar o time para a partida de domingo, contra o Fluminense, que marcará a estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627