Justiça decreta prisão preventiva de professor de jiu-jitsu acusado de matar o enteado

Publicado em sexta-feira, Abril 25, 2014 ·

professor-de-jiu-jitsuO TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) aceitou a denúncia do Ministério Público e transformou a prisão temporária em preventiva do professor de jiu-jitsu Daryell Dickson, suspeito de espancar o enteado de quase dois anos no mês passado.

Segundo as investigações, o suspeito teria agredido a criança com golpes na cabeça. Também há indícios de que o menino teria sido abusado sexualmente pelo acusado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o Ministério Público, o crime foi praticado por motivo torpe e cruel, dificultando a defesa da vítima.

Daryell foi denunciado pela prática de crime sexual contra vulnerável e homicídio. Ainda não foi marcada a data da audiência de instrução e julgamento.

R7

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627