Juiz concede liberdade a Strauss-Kahn sob fiança de US$ 1 mi

Publicado em quinta-feira, Maio 19, 2011 ·

diretor do FMIO ex-diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, teve decretada a liberdade sob fiança no valor de US$ 1 milhão, desde que permaneça em prisão domiciliar à espera de seu julgamento por agressão sexual e tentativa de estupro contra uma camareira africana de 32 anos, em Nova York.

O juiz anunciou a decisão em frente a um tribunal de Manhattan lotado na tarde desta quinta-feira. Na prisão domiciliar, o ex-chefe do FMI será monitorado 24 horas por dia por guardas armados e câmeras de vigilância. Além disso, ele utilizará uma tornozeleira eletrônica para controlar seus movimentos.

A mulher e a filha de Strauss-Kahn estavam presentes na audiência. O marido vestia terno cinza e uma camisa azul aberta.

Desde que foi retirado de um avião no último sábado, instantes antes de embarcar para Paris, Strauss-Kahn está detido na prisão de Rikers Island. Na madrugada desta quinta-feira foi anunciada a renúncia dele da presidência do FMI. Num carta, redigida ainda ontem, DSK – como é conhecido na França – afirmava que decidia se afastar da instituição para se dedicar integralmente ao caso, bem como negava todas as acusações feitas pela camareira.

Com informações de agências

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627