Irmãos que assaltaram Correios de Lagoa Seca afirmam que gerente ‘facilitou’ crime

Publicado em terça-feira, novembro 29, 2011 ·

marcio-rangelO gerente da agência dos Correios da cidade de Lagoa Seca, no Agreste paraibano, é considerado um dos suspeitos de planejar o assalto ocorrido no estabelecimento na manhã desta terça-feira (29).

De acordo com o delegado Antônio Lopes Filho, da Delegacia de Lagoa Seca, o gerente está sendo procurado depois da denúncia feita pelo casal de irmãos que foi preso em flagrante poucos minutos após o roubo. A principal suspeita é de que ele tenha sido o responsável por repassar informações sobre o horário de um carro-forte que abasteceu a agência pela manhã. “Ele foi acusado pelos presos. Agora vamos ouvi-lo para tirarmos as conclusões” comentou a autoridade.

Este é o segundo crime contra os Correios somente nesta semana e o segundo ocorrido na mesma agência em cerca de um mês.

O crime aconteceu por volta das 9h30. Testemunhas informaram às Polícias Civil e Militar que os irmãos ficaram na rua em frente à agência fingindo ser um casal de namorados, enquanto esperavam o carro-forte terminar de fazer o serviço. Logo em seguida eles invadiram o estabelecimento e renderam os funcionários, roubando o dinheiro que estava no caixa.

Poucos minutos depois, o desempregado Tiago Costa Procópio, de 26 anos e a estudante Mayara Caroline Costa Procópio, de 19 anos, foram presos na BR-104, na saída de Lagoa Seca para Campina Grande. Eles moram no bairro do Cruzeiro, em Campina Grande.

Quem capturou o primeiro assaltante foi o delegado Durval Barros, da delegacia de Barra de Santa Rosa, que passava no local no momento da tentativa de fuga.

A motocicleta foi interceptada e os dois foram detidos com cerca de R$ 2 mil em dinheiro.

A jovem de 21 anos é estudante da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), já o irmão disse trabalhar como mototaxista e vendedor.
Segundo o delegado Wagner Dorta, ao prestar depoimento na Central de Polícia de Campina Grande, ambos confessaram participação no crime e ainda detalharam o suposto envolvimento do gerente, que agora é considerado procurado.
Por telefone, o gerente negou as acusações e disse que tem consciencia tranquila. “Vou procurar as autoridades ainda hoje pra esclarecer as coisas. Sou um homem de bem e não tenho porque me envolver com bandidos” comentou o gerente.

Blog Marcio Rangel

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627