imunização

“Iremos cumprir” sentencia Geraldo Medeiros sobre decisão da Justiça Federal de que PB reserve doses da Astrazeneca para a D2

Publicado em quarta-feira, julho 21, 2021 ·

Após a Justiça Federal atender ao pedido do Ministério Público Federal e determinar a recomposição da reserva de segunda dose (D2) da vacina Astrazeneca/Fiocruz para os paraibanos que precisam completar o ciclo de imunização contra a covid-19 e foram vacinados com as doses decorrentes das 15ª e 16ª pautas, que venceriam nas datas de 30 de julho e 3 de agosto de 2021, respectivamente, a Secretaria de Saúde estadual irá seguir a determinação e por enquanto o avanço na aplicação da D1 de Astrazeneca poderá sofrer uma pausa.

Procurado pela reportagem do PB Agora, o secretário de Saúde da Paraíba, médico Geraldo Medeiros, foi enfático:

“Iremos cumprir” sentenciou ao ser questionado se a gestão estadual iria tentar recorrer da decisão federal com o intuito de continuar avançando e diminuindo a faixa etária de vacinação, utilizando o estoque que havia para a D2, em primeira dose.

Vale ressaltar que a Paraíba era um dos poucos estados que ao invés de diminuir o intervalo de aplicação, estava utilizando as doses em estoque para ampliar o público vacinado, aumentando desta forma o percentual de pessoas vacinadas com a primeira dose de Astrazeneca, que garante cerca de 75% de eficácia contra o novo coronavírus já na 1ª dose.

Com a decisão o estoque de segundas doses que estava guardado e foi distribuído para os municípios terá que ser reposto antes que novas doses de Astrazeneca possam ser usadas em D1.

PB Agora

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627