Inscrições para o Enem começam na segunda com novas regras para a redação

Publicado em sexta-feira, Maio 25, 2012 ·

 

Entre segunda-feira (28) e 15 de junho estarão abertas, exclusivamente pela internet, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, cujas provas serão aplicadas em 3 e 4 de novembro. O ministro Aloizio Mercadante, da Educação, apresentou os detalhes nessa quinta (24), em Brasília, mas o edital da prova será publicado no Diário Oficial da União de amanhã. A maior novidade é que neste ano os alunos poderão acessar as redações corrigidas, objeto de dezenas de ações judiciais já movidas por estudantes descontentes com as notas. A medida faz parte de um acordo firmado entre o MEC e o Ministério Público Federal (MPF) no ano passado.
Os critérios da redação foram alterados para tornar o processo mais objetivo. A redação valerá 1 mil pontos e cada texto será lido por dois corretores, que avaliarão cinco competências, como o domínio da norma culta, a capacidade de argumentação e a compreensão do tema. Cada item valerá 200 pontos.
O ministério lançará em julho, no portal, um guia que mostrará o que o Finep, órgão do MEC responsável pelo Enem, espera da redação. Até o ano passado, se as notas dos avaliadores divergissem mais de 300 pontos, um terceiro fazia nova correção. Este ano, a margem de discrepância caiu para 200 pontos. A terceira correção será aplicada se houver diferença maior que 80 pontos em pelo menos uma das cinco competências. Se a discrepância nas notas permanecer, será convocada uma banca, com três professores, para fazer a correção presencial.
O ministro afirmou que haverá aumento de custo por conta da existência da quarta banca. “Há, mas é um custo menor do que o equívoco que pode ser cometido com a redação. Vale a pena, é um procedimento de correção mais exigente, e isso dá segurança, exatamente o que queremos”, disse.
Mercadante acredita que ao ajustar todo o sistema ao termo assinado com o MPF não haverá mais “judicialização” do exame. Ele também persegue o objetivo de que, ao ser requerida a prova pelo aluno, que ela seja apresentada rapidamente.
Sobre o treinamento dos fiscais, o ministro disse que busca aprimorar credenciamento e padronizar a atuação deles, dar orientação, treinamento prévio para garantir um padrao isonômico. “No ano passado havia 400, neste ano talvez haja mais”, afirmou.
Disse que o ministério vai aprimorar o sistema de pagamento dos corretores das provas para que todos fiquem satisfeitos. “O procedimento das correções será o mesmo. Cada corretor receberá um manual”, explicou. No entanto, Mercadante disse que não divulgaria a estratégia adotada para monitorar o processo, especialmente da correção.
As medidas tomadas têm o objetivo de aumentar a credibilidade do Enem. “É um esforço para fazer que a prova dê segurança, que seja mais justa, que os melhores se destaquem e que eles saibam quais são as regras”, observou Mercadante. Ele também disse que quanto melhor definido o critério, mais a pessoa sabe quais habilidades tem de desenvolver. “As informações também ajudam os professores a orientarem os alunos.”
O Finep tem um ckeck list de 3.439 itens. “Agora temos de fazer o trabalho completo com todos esses itens”, disse Mercadante, ao escapar da pergunta de um jornalista sobre as provas de 2013.
A taxa de inscrição continua em R$ 35. Alunos do 3º ano do ensino médio em escola pública estão isentos do pagamento. No primeiro dia do exame, um sábado, os participantes terão quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e da natureza. No domingo, serão aplicadas as perguntas sobre matemática e linguagens, além da redação, em cinco horas e meia. O gabarito deve sair dia 7 de novembro e o resultado final, em 28 de dezembro.

Evelyn Pedrozo, da Rede Brasil Atual
Com informações da Agência Brasil

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627