Índios americanos protestam contra nome da operação que matou Bin Laden

Publicado em sexta-feira, maio 6, 2011 ·


Indígenas pedem retratação de Obama por associar o nome de um dos grandes ícones da luta pelos direitos civis dos índios a Osama Bin Laden.

Ao batizar como “Gerônimo”, tido como um dos grandes lutadores em prol da causa indígena nos EUA, a operação que matou o líder da Al-Qaeda Osama Bin Laden, o governo do presidente estadunidense Barack Obama lançou um verdadeiro insulto contra tribo apache. Pelo menos é disso que reclamam os indígenas do país, que reagiram com uma carta em que pedem uma retratação do governante. “Geronimo é um herói índio americano, um ícone na luta pelos direitos civis dos índios americanos na história dos EUA. O presidente Obama não ousaria permitir que o nome Martin Luther King, Jesse Jackson ou nenhum outro proeminente nome afro-americano fosse associado a Osama Bin Laden. Este ponto somente já basta para exigirmos uma retratação do presidente Obama enquanto nosso Comandante em exercício”, diz o documento.

Confira abaixo a íntegra da carta da United Native America:

A comunidade Índio-Americana exige uma retratação do presidente Obama, inclusive do Senado Americano e da Câmara de Representantes por permitir que o codinome “Geronimo” representasse o terrorista internacional Osama Bin Laden.

A associação do nome de Geronimo a Osama Bin Laden é mais um tapa degradante na face dos Índios Americanos de outro presidente e do nosso governo federal que armaram uma “desnecessária guerra holocáustica” contra os Índios Americanos na formação da América que temos hoje. A verdadeira história americana mostra que os índios nunca foram inimigos deste país. Os índios americanos tinham todo o direito de se levantar e lutar pela sua terra natal, seu modo de vida, liberdade, direitos civis e ao autogoverno.

Geronimo é um herói índio americano, um ícone na luta pelos direitos civis dos índios americanos na história dos EUA. O presidente Obama não ousaria permitir que o nome Martin Luther King, Jesse Jackson ou nenhum outro proeminente nome afro-americano fosse associado a Osama Bin Laden. Este ponto somente já basta para exigirmos uma retratação do presidente Obama enquanto nosso Comandante em exercício.

O Presidente Obama faz vista grossa ao permitir que o nome de Geronimo seja usado para representar o terrorista e assassino em massa Osama Bin Laden, chamando a destruição da América e trazendo mais um escuro dia na história americana, marcado na comunidade dos índios americanos e totalmente injustificada. Uma retratação do Presidente Obama não mudará a história, mas uma retratação pública do Presidente Obama deverá ser parte desta história para futuras gerações americanas e para pessoas ao redor do mundo para que compreendam totalmente a condição dos índios americanos, seu serviço e patriotismo para com nosso país.

Nota histórica: O governo federal é construído e baseado na fundação dos governos da nação dos índios americanos, assim atestado pelo Senado dos EUA com menções honrosas, como o Mês da Herança dos Índios Americanos em Novembro. Federalismo, a separação dos poderes de governo, liberdade de expressão para incluir a palavra índia cáucus foram criadas neste país, e são usadas pelos índios americanos e são seu presente para o povo do mundo que queira se levantar e lutar por seus direitos humanos.

Mike Graham, Fundador da United Native America
Cidadão da Nação Cherokee de Oklahoma e dos EUA.
www.UnitedNativeAmerica.com

Sinceramente,
Os Abaixo-Assinados

Revista Fórum
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627