Hospital de Trauma atende em junho 100 vítimas de queimaduras

Publicado em terça-feira, julho 3, 2018 ·

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco )

Apesar da campanha de prevenção de queimados, lançadas pelo Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, cem pessoas foram atendidas durante o mês de junho, período em que são comemoradas as festas juninas, na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) o hospital.

Segundo balanço divulgado pela unidade nesta terça-feira (3), desse total, 45 pessoas foram atendidas com ferimentos causados por fogos e fogueiras, sendo 25 crianças e adolescentes de até 16 anos e 20 adultos.

Em relação ao mesmo período do ano passado, houve um aumento de 0,06%, segundo o Trauma. Em 2017, durante o mesmo período, foram atendidos 94 pacientes. Desse total, 25 pessoas foram com ferimentos causados por fogos e fogueiras, sendo 10 crianças e adolescentes de até 16 anos e 15 adultos.

Durante todo o mês de junho, o Hospital de Trauma de Campina Grande realizou uma campanha de prevenção de queimaduras com o slogan “Quem brinca com fogo pode se queimar”.

Segundo a unidade de saúde, no período de 1º a 25 de junho deste ano foram atendidas 28 pacientes vítimas de queimaduras por fogos ou fogueiras. Só na véspera de São João, quinze pessoas foram atendidas.

No Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena em João Pessoa, foi registrado aumento nos atendimentos de pessoas vítimas de queimaduras com relação ao mesmo período do ano passado. Nos dias 23 e 24 de junho, 13 pessoas foram atendidas por queimaduras com fogos de artifício. As crianças ainda são as mais afetadas, totalizando em 7 crianças e 6 adultos. Em relação ao ano passado no mesmo período foram atendidas apenas 9 pessoas vítimas de queimaduras.

 

PB Agora

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627