Homem surra a mãe adotiva e pode pegar até três anos de cadeia

Publicado em terça-feira, dezembro 20, 2011 ·

Um homem suspeito de agredir a mãe adotiva foi preso na madrugada do domingo (18), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Maria Daisy Barreto, 78 anos, disse que não se surpreendeu quando levou diversos socos do filho, Rudy dos Passos Sales, 32. A idosa também levou sucessivos ‘tabefes’ do lado esquerdo do rosto.

Agentes de Saúde“Ele sempre foi de me empurrar. Não tem jeito. Ele vai continuar fazendo isso. Eu estava sentada na minha cama e ele veio e me deu um tabefe, depois outro. Já tinha me batido ontem. Mas hoje foi pior”, contou a idosa, que foi socorrida por policiais militares do 31º BPM (Barra da Tijuca), acionados por vizinhos.

Totalmente alterado e falando frases sem sentido, Rudy tentou justificar por que bateu na idosa: “Ela vive xingando a minha mãe. Eu tinha acabado de acordar, agora preciso sair do País”.

Segundo Maria Daisy, que o criou desde que nasceu, Rudy sempre teve um temperamento explosivo e até hoje não se conforma com a adoção. “Ele já me roubou. Guardo o dinheiro no meu corpo para ele não pegar”, afirmou a idosa, confirmando que o filho adotivo também tem envolvimento com drogas.

Segundo policias da 16ª DP (Barra), Rudy não disse nada com nada em seu depoimento. Antes de ir à delegacia, Maria Daisy fez exames no Hospital Miguel Couto e foi liberada porque não sofreu nenhuma fratura.

Rudy foi autuado na Lei Maria da Penha e pode pegar de três meses a três anos de cadeia por causa da agressão.






FONTE: Meia Hora
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br