Guantánamo: Prisioneiros completam 6 meses de greve de fome

Publicado em sexta-feira, agosto 9, 2013 ·

guantanamo-londresObama tinha prometido o encerramento da prisão norte-americana de Guantánamo, mas quatro anos e meio depois da sua primeira eleição ela continua a funcionar, com grande parte dos seus prisioneiros sem acusação, nem processo formal. Noventa por cento dos prisioneiros nunca foram acusados de crime algum.

Desde o dia 6 de fevereiro, os prisioneiros de Guantánamo iniciaram uma greve de fome de protesto pela sua situação de prisão ilegal e sem fim e também contra os abusos que sofrem.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dos 166 detidos na prisão norte-americana de Guantánamo, 102 participam no protesto e, pelo menos, 45 foram alimentados à força nas últimas semanas.

Segundo David Reme, advogado de alguns dos detidos, vários prisioneiros perderam quase 20 quilos e estão desesperados. Reme alerta que alguns podem morrer nos próximos dias.

O jornal Miami Herald noticiou recentemente que os EUA vão gastar este ano 454,1 milhões de dólares com a prisão de Guantánamo. A previsão é que os custos totais com a prisão de Guantánamo, até ao final de 2014, sejam de 5,242 bilhões de dólares. Estes dados foram confirmados pela administração norte-americana, pela primeira vez na semana passada, numa reunião do Comité de Justiça do Senado dos EUA.

O senador Richard Durbin, que defende o encerramento de Guantánamo, há anos, foi o convocador daquela reunião e afirmou então: “Façam as contas: 166 prisioneiros, 454 milhões de dólares. Nós estamos gastando 2,7 milhões de dólares com cada preso de Guantánamo”.

Durbin lembrou que cada preso na prisão considerada mais segura dos EUA, no Colorado, cada preso custa em média 78 mil dólares por ano e salientou que estes gastos tão elevados já “seriam irresponsáveis, do ponto de vista fiscal, em tempos econômicos normais”, são ainda piores quando o “Departamento de Defesa” está enfrentando cortes e despedimentos.

Neste fim de semana, a cantora britânica PJ Harvey, a única a ganhar duas vezes o Mercury Prize, publicou uma canção nova com o título “Shaker Aamer”, na plataforma online Soundcloud.

Shaker Aamer é um britânico originário da Arábia Saudita que está preso desde 2001, sem qualquer acusação.

A canção é um apelo à libertação de Shaker Aamer e, nela, PJ Harvey canta: “No water for three days/I cannot sleep, or stay awake/Four months hunger strike/Am I dead, or am I alive?” [“Sem água há três dias/Não consigo dormir, ou manter-me acordado/Quatro meses de greve de fome/Estarei morto, ou estarei vivo?”].

 

cartamaior

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627