Grupo de Apoio às Mães Órfãs realiza terceiro encontro durante Crescer

Publicado em terça-feira, Janeiro 31, 2012 ·

Encontro_Grupo_AMO_1Há três anos, através de uma iniciativa de Valentina Izabel Araújo Borges, missionária da Comunidade de São Pio X, ela e outras mães que tinham perdido filhos decidiram se unir para tentar diminuir a dor da perda e realizaram, durante o Crescer – O encontro da Família Católica, o 1º Encontro do Grupo AMO (Apoio às Mães Órfãs). Nesta edição do Crescer, que será realizada entre os dias 19 e 21 de fevereiro, no Clube Campestre, o grupo estará realizando a terceira edição do encontro, onde elas se amparam mutuamente e compartilham as dores, tendo sempre como base a palavra de Deus e os princípios de compreensão, escuta, respeito e acolhimento.

Em 2008, Valentina perdeu o filho José Borges Neto, o Borginho, à época com 15 anos de idade, em um acidente de carro. A perda de um filho, que ela, é uma das piores, senão a pior dor do mundo, ajudou-a a enxergar que outras pessoas precisavam dela, como o marido, a filha e, mais recentemente, a neta, além de outras mães que enfrentam a mesma dor, em alguns casos, ainda maior porque perderam mais de um filho. Ao manter contato com mães que também perderam filhos em outros estados do país, Valentina decidiu criar o projeto em Campina Grande.

Ao procurar um nome que definisse a “dor, angústia, saudade e vontade de desistir” das mães que perdem filhos, Valentina optou por Mães Órfãs porque a orfandade define a condição de uma criança após a morte do pai ou da mãe e não há palavra para definir a mãe que perde um filho, explica ela, que criou um blog: carinhodemae.zip.net, que ela utiliza para partilhar os sentimentos vividos depois da perda do filho. Para Valentina, embora seja muito doloroso falar sobre a perda de um filho, mais doloroso ainda é calar.

Ao longo do ano, o Grupo AMO realiza encontros, trabalhos voluntários e atividades como visitas e doação de enxovais às mães carentes do ISEA (Instituto de Saúde Elpídio de Almeida). Além do 3º Encontro do Grupo AMO (Apoio às Mães Órfãs), durante o 15º Crescer também serão realizados o 2º Encontro Católico de Reabilitação de Dependentes Químicos e o 2º Encontro Católico de Redes Sociais.

O Crescer, o maior encontro católico da Paraíba, neste ano tem como tema a frase da madre Tereza de Calcutá, que diz que “Família que reza unida permanece unida” e como lema, “Senhor, ensina-nos a rezar” (Lc 11,1).

Karina Araújo para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627