Grêmio sente desfalques, é eliminado e configura Gre-Nal melancólico

Publicado em quinta-feira, maio 5, 2011 ·

gremiolibetadoresEm um dia triste para o futebol gaúcho, o Grêmio deu um alento ao sofrimento do torcedor do Internacional e foi eliminado da Copa Libertadores da América. Horas depois de o time colorado cair diante do Peñarol, a equipe tricolor sentiu os desfalques e não conseguiu reagir diante da Universidad Católica, do Chile. Precisava de vitória por dois gols de diferença, mas caiu com nova derrota, por 1 a 0.

Se a expectativa no Rio Grande do Sul era ter série de clássicos decisivos como ocorreu com Real Madrid e Barcelona na Espanha, ambos os times falharam feio em seu principal objetivo na temporada: a Copa Libertadores. Se enfrentariam nas quartas de final se vencessem, mas agora terão de se contentar com dois melancólicos duelos na final do Campeonato Gaúcho, com grande potencial de crise.

O Universidad de Chile, que confirmou a classificação depois de abrir vantagem com vitória por 2 a 1 no duelo de ida, vai enfrentar o Peñarol nas quartas de final da competição continental. Nesta quarta-feira, Mirosevic decretou o triunfo por 1 a 0, balançando as redes já aos 42min do segundo tempo.

O jogo

O Grêmio entrou em campo com o elenco retalhado pelos acontecimentos recentes. O goleiro Victor, o lateral Gabriel, os volantes Fabio Rochemback e Willian Magrão, o meia Lúcio e o atacante André Lima não jogaram por lesão. Carlos Alberto também deixou o grupo, dispensado por indisciplina. Com apenas 17 jogadores à disposição, Renato Gaúcho sequer tinha banco de reservas completo para o duelo.

O Grêmio tentou impor um ritmo forte no primeiro tempo, mas acabou barrado pela falta de criatividade do ataque. Teve poucas chances de gol e parou na marcação da Universidad Católica, que, sem qualquer pressa, administrou o placar. A primeira boa chance foi dos anfitriões: Fernando Meneses levantou na área aos 30min e Lucas Pratto cabeceou bem, mas Marcelo Grohe espalmou.

Aos 36min, Douglas carregou pelo campo de ataque, encontrou espaço e arriscou da entrada da área. A bola passou perigosamente por cima do gol. O Grêmio não conseguiu fazer muito melhor no segundo tempo, muito embora tenha tido uma excelente chance aos 16min: Lins recebeu pela direita e cruzou na área, onde Junior Viçosa aproveitou desviou para completar de voleio. Rodrigo Valenzuela salvou de cabeça, em cima da linha.

Quando a classificação já parecia difícil demais para o Grêmio, Mirosevic foi às redes para decretar a festa da torcida chilena nesta quarta-feira: aos 42min, recebeu cruzamento em rápido contra-ataque e estufou as redes gremistas. O time gaúcho precisava de dois gols para, repetindo o placar do confronto de ida, levar a decisão para os pênaltis. Não conseguiu. Foi eliminado com outra derrota.

Universidad Católica 1 x 0 Grêmio

Gols

Universidad Católica:
Mirosevic, aos 42min do segundo tempo
Universidad Católica: Paulo Garcés; Rodrigo Venezuela, David Henríquez, Hans Martínez e Juan Eluchans; Francisco Silva, Jorge Ormeño, Tomás Costa (Milovan Mirosevic) e Fernando Meneses; Marcelo Cañete (Lucas Gutiérrez) e Lucas Pratto (Roberto Gutiérrez). Técnico: Juan Antônio Pizzi

Grêmio: Marcelo Grohe; Mário Fernandes (Vinícius Pacheco), Rodolfo e Rafael Marques (Leandro); Gilson, Vilson, Fernando, Adilson e Douglas; Lins (Escudero) e Junior Viçosa. Técnico: Renato Gaúcho

Cartões amarelos
Universidad Católica: Juan Eluchans, Jorge Ormeño, Tomás Costa e Felipe Gutiérrez
Grêmio: Vilson

Árbitro
Carlos Amarilla (Paraguai)

Local
Estádio San Carlos de Apoquindo, em Las Condes (Chile)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627